Vale (VALE3) alega que não foi comunicada sobre decisão judicial que condena mineradoras

A empresa reiterou que irá se manifestar oportunamente no processo sobre a decisão

Author
Publicado em 25/01/2024 às 17:33h - Atualizado 4 meses atrás Publicado em 25/01/2024 às 17:33h Atualizado 4 meses atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)
(Shutterstock)

💲 A Vale (VALE3), informou na tarde desta quinta-feira (25), que não foi notificada da decisão judicial que condena as mineradoras Samarco Mineração e BHP Billiton Brasil a pagarem R$ 47,6 bilhões pelo rompimento de uma barragem em Mariana, em 2015.

"A Vale S.A. (“Vale” ou “Companhia) esclarece que não foi notificada da decisão judicial noticiada em veículos de imprensa, que teria imposto uma condenação à Companhia e às danos morais coletivos em decorrência do rompimento da barragem de Fundão, de propriedade da Samarco, ocorrido em 05 de novembro de 2015".

Leia também: Justiça condena Vale (VALE3), Samarco e BHP a pagarem R$ 47,6 bi por Mariana

A empresa reiterou que irá se manifestar oportunamente no processo sobre a decisão e reforçou o compromisso em apoiar a reparação integral dos danos causados pelo rompimento.

Segundo a companhia, até dezembro de 2023 foram destinados R$ 34,7 bilhões às ações de reparação e compensação, sendo R$ 14,4 bilhões para pagamento de indenizações individuais e R$ 2,7 bilhões em auxílios financeiros emergenciais

VALE3

Vale
Cotação

R$ 65,08

Variação (12M)

4,17 % Logo Vale

Margem Líquida

18,78 %

DY

10.74%

P/L

7,63

P/VP

1,58