BBAS3

Banco do Brasil

Cotação
R$ 34,14 0,00%
VALORIZAÇÃO (12M)
-31,40%
P/L
5,55
P/VP
0,93
DY
5,50%
ROE
16,80%

INDICADORES FUNDAMENTALISTAS BBAS3

P/L
5,55
P/VP
0,93
DIVIDEND YIELD (DY)
5,50%
PAYOUT
40,00%
MARGEM LÍQUIDA
11,90%
MARGEM BRUTA
13,61%
MARGEM EBIT
3,41%
MARGEM EBITDA
0,00%
EV/EBITDA
-
EV/EBIT
19,37
P/EBITDA
-
P/EBIT
19,37
P/ATIVO
0,06
P/CAP.GIRO
-0,32
P/ATIVO CIRC LIQ
-0,12
PSR
0,66
VPA
35,67
LPA
5,99
GIRO ATIVOS
0,09
ROE
16,80%
ROIC
2,83%
ROA
1,03%
DÍVIDA LÍQUIDA / PATRIMÔNIO
-
DÍVIDA LÍQUIDA / EBITDA
-
DÍVIDA LÍQUIDA / EBIT
-
DÍVIDA BRUTA / PATRIMÔNIO
-
PATRIMÔNIO / ATIVOS
0,06
PASSIVOS / ATIVOS
0,96
LIQUIDEZ CORRENTE
0,75
CAGR RECEITAS 5 ANOS
-%
CAGR LUCROS 5 ANOS
4,01%

COTAÇÃO BBAS3

Banco do Brasil

00.000.000/0001-90

Ano de fundação da empresa
1808
Ano de estréia na bolsa
1977
Número de Funcionários
96961

SOBRE Banco do Brasil - BBAS3

O Banco do Brasil S.A., é uma instituição financeira brasileira, formada como sociedade econômica mista. É negociado na B3 perante o código BBAS3.

Sua principal atuação é a oferta de produtos e serviços financeiros, tais como: conta corrente, transferências, empréstimos, seguros e depósitos.

Considerado um dos cinco principais bancos de varejo do Brasil, representando uma das maiores instituições financeiras do país. Foi fundado em 1808, por Dom João VI.

A empresa conta com mais de 15 mil postos de atendimento espalhados pelo Brasil e 40 mil terminais que funcionam fora do horário de atendimento bancário, conhecido como 24 horas. Possui ainda acesso via internet, telefone e telefone celular. Atualmente presente em mais de 21 países além do Brasil.

O Banco dispõe de aproximadamente 5.429 agências, presente na maioria dos municípios, com mais de 109.191 colaboradores e cerca de 4.066 estagiários, jovem aprendiz e temporários. Com um lucro líquido em 2018 de mais de 15 milhões de reais.

História do Banco do Brasil

A história do Banco do Brasil é iniciada em 1808, a partir da criação do primeiro banco do Brasil por Dom João VI. Em 1833 o banco encerra suas funções devido a um saque dos recursos da agência por parte da família real.

Em 1851, o Barão de Mauá reinaugura o Banco do Brasil. Dois anos após acontece a fusão com o Banco Comercial do Rio de Janeiro. Em 1863, a instituição passou a ser única emissora de moeda no território. Porém, a partir do momento que a casa da moeda passa a fazer as moedas, o Banco do Brasil tem uma nova função, fornecimento de empréstimos e captação de depósitos.

Em 1893, ocorre a união do Banco do Brasil com o Banco da República dos Estados Unidos do Brasil.  Em 1906 o Banco lança novamente suas ações na Bolsa de valores.

Entre os anos 1914 e 1918, o banco deduziu poupanças do público no objetivo de desenvolver a economia após a Primeira Grande Guerra. Em 1937 a instituição novamente começa a deduzir recursos, mas dessa vez da previdência privada.

Em 1943, foi inaugurada a primeira agência no exterior (Paraguai). Em 1964, o Banco do Brasil passou a se dedicar ao mercado bancário. Em 1994, foi responsável por realizar a maior troca física de moedas do mundo, substituindo para o Real.

No ano 2000, o banco lançou o portal Banco Do Brasil, permitindo movimentação digital e atendimento por meio da Internet banking. Em 2002, as ações passaram a ser ordinárias. Após 100 anos participando da Bolsa, o banco passa a aderir em 2006 ao Novo Mercado.

Atualmente, o Banco do Brasil ocupa posição de primeiro em ativos financeiros, com mais de R$1,500 trilhões, cerca de 464 bilhões em depósitos, 717 bilhões em carteira de crédito 62 milhões de clientes, 2,1 % em câmbio de exportação, além, de ser considerado o maior da América Latina na administração dos recursos de terceiros e por fim, um faturamento em cartões de crédito de cerca de 12,3% do mercado.

O Banco do Brasil detém também muita importância no mercado agro do país, sendo responsável pelo financiamento de boa parte das exportações, contribuindo ainda no desenvolvimento de micro e pequenas empresas.

VANTAGENS COMPETITIVAS

  • Grande e importante demais para quebrar
  • Detém posição de destaque no mercado
  • Movimentação de recursos estáveis provenientes do Estado

DESVANTAGENS

  • Possui grandes concorrentes
  • Controle do Estado Brasileiro
Isso não é uma recomendação de compra/venda.

SOBRE Banco do Brasil - BBAS3

VALOR DE MERCADO
R$ 95,25 Bilhões
VALOR DE FIRMA
R$ 95,25 Bilhões
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ 102,22 Bilhões
Nº TOTAL DE PAPEIS
2,87 Bilhões
ATIVOS
R$ 1,66 Trilhão
ATIVO CIRCULANTE
R$ 896,52 Bilhões
DÍVIDA BRUTA
R$ -
DÍVIDA LÍQUIDA
R$ -
DISPONIBILIDADE
R$ 534,62 Bilhões
SEGMENTO DE LISTAGEM
Novo Mercado
FREE FLOAT
49,50%
TAG ALONG
-%

COMPARADOR DE AÇÕES

P/L P/VP ROE DY Valor de
Mercado
Margem
Líquida
BBAS3 5,55 0,93 16,80% 5,50% R$ 95,25 B 11,90%
ITUB4 10,85 1,86 17,13% 7,70% R$ 257,40 B 11,19%
BBDC3 8,65 1,34 15,55% 9,40% R$ 182,82 B 22,82%
SANB11 8,08 1,16 14,32% 9,44% R$ 115,80 B 19,04%
ITSA4 9,37 1,55 16,57% 8,87% R$ 88,98 B 178,72%
BPAC11 29,66 3,00 10,12% 1,85% R$ 77,50 B 17,24%
BPAN4 18,27 2,15 11,76% 0,75% R$ 10,79 B 6,73%
BIDI4 98,84 4,11 4,16% 0,84% R$ 9,01 B 10,40%
BRSR6 4,67 0,74 15,89% 6,86% R$ 8,12 B 13,17%
BNBR3 4,28 1,37 32,00% 6,47% R$ 7,43 B 31,63%
ABCB4 6,85 0,83 12,10% 2,43% R$ 3,35 B 8,62%
BMGB4 8,87 0,83 9,35% 2,55% R$ 3,31 B 10,23%
BEES3 9,02 1,20 13,29% 0,00% R$ 1,94 B 10,07%
BPAR3 5,35 1,27 23,73% 10,52% R$ 1,73 B 19,17%
BAZA3 3,64 0,46 12,52% 0,00% R$ 1,00 B 18,28%
BMEB4 5,16 0,77 15,02% 6,55% R$ 795,01 M 6,07%
BRIV3 11,90 0,50 4,22% 0,00% R$ 725,01 M 5,71%
BGIP4 4,66 0,90 19,27% 10,47% R$ 520,46 M 12,26%
PINE4 -5,61 0,53 -9,47% 0,00% R$ 219,19 M -12,97%
IDVL4 -23,74 0,71 -2,98% 0,00% R$ 201,09 M -7,67%

Receitas e Lucros Banco do Brasil - BBAS3


Resultados Banco do Brasil - BBAS3

ATIVOS/PASSIVOS Banco do Brasil - BBAS3


BALANÇO PATRIMONIAL Banco do Brasil - BBAS3