Cotação
R$ 71,05 0,00%
VALORIZAÇÃO (12M)
39,70%
P/L
30,30
P/VP
2,00
DY
5,54%
ROE
6,61%

INDICADORES FUNDAMENTALISTAS VALE3

P/L
30,30
P/VP
2,00
DIVIDEND YIELD (DY)
5,54%
PAYOUT
-8,00%
MARGEM LÍQUIDA
7,26%
MARGEM BRUTA
46,69%
MARGEM EBIT
19,07%
MARGEM EBITDA
0,00%
EV/EBITDA
-
EV/EBIT
12,62
P/EBITDA
-
P/EBIT
11,54
P/ATIVO
0,83
P/CAP.GIRO
9,70
P/ATIVO CIRC LIQ
-1,07
PSR
2,20
VPA
35,45
LPA
2,35
GIRO ATIVOS
0,38
ROE
6,61%
ROIC
10,53%
ROA
2,75%
DÍVIDA LÍQUIDA / PATRIMÔNIO
0,19
DÍVIDA LÍQUIDA / EBITDA
-
DÍVIDA LÍQUIDA / EBIT
1,08
DÍVIDA BRUTA / PATRIMÔNIO
0,45
PATRIMÔNIO / ATIVOS
0,42
PASSIVOS / ATIVOS
0,58
LIQUIDEZ CORRENTE
1,64
CAGR RECEITAS 5 ANOS
14,82%
CAGR LUCROS 5 ANOS
-%

COTAÇÃO VALE3

Vale

(Avaliações dos usuários)

33.592.510/0001-50

Ano de fundação da empresa
1943
Ano de estréia na bolsa
1970
Número de Funcionários
55275

SOBRE Vale - VALE3

A Vale S.A., é uma mineradora brasileira, formada como sociedade anônima de capital aberto e negociada na bolsa de valores com o código VALE3.

Sua principal atuação é a extração de minerais e a comercialização relacionada aos mesmos, a companhia trabalha com metais básicos, carvão, minério de ferro, infraestrutura, entre outros investimentos empreendidos.

Além de sua principal atuação, a companhia maneja empresas de terminais marítimos e portos, ferrovias e logística, através das empresas que são afiliadas a ela, opera no ramo de energia elétrica e siderurgia.

A empresa recebe o título de a líder mundial no mercado de exportações de minério de ferro e uma das maiores companhias privadas das Américas.

Realizando transações comerciais em 38 países, com extração de minerais em cerca de 21 deles. Atuando assim, em cinco continentes distintos e presente em 14 estados no Brasil, dispõe de mais de 110 mil colaboradores. Atingiu em 2019 um lucro líquido negativo de R$ 8.6 bilhões.

História da Vale

Fundada em 1942 por Getúlio Vargas, a princípio recebe o nome de Companhia Vale do Rio Doce, dez anos após sua privatização em 1997, tem seu nome alterado para Vale S.A. Neste período, o propósito da empresa era explorar minerais ferrosos na região do Rio Doce, abastecendo a indústria siderúrgica no país, em especial a CSN.

Após sua fundação a empresa seguiu expandido, especialmente a partir da década de 1960, ao começar a exportar minerais ferrosos para o Japão. Nas décadas que se seguiram a fabricação e exportação de minerais ferrosos cresceu exponencialmente fazendo com que a empresa se tornasse a maior exportadora de minerais do mundo. No período da década de 1980, a empresa seguiu como recordista no ramo de extração de minerais de ferro.

A empresa foi fundada como uma estatal, porém em 1997, foi privatizada pelo presidente da época Fernando Henrique Cardoso, vendendo domínio acionário da empresa para o Consórcio Brasil, dirigido pela empresa Siderúrgica Nacional.

Em 1968, empresa entra para a bolsa de valores brasileira (B3), para bolsa dos Estados Unidos (Nyse) e para bolsa de valores e Hong Kong (Euronet).

Entre os anos 2000 e 2006, a empresa efetivou inúmeras aquisições, alcançando a 31ª posição entre as maiores companhias do mundo.

Em 2010, através de sua subsidiária Mineração Naque S.A., efetivou uma grande fusão no setor de fertilizantes. No mesmo ano a empresa conseguiu uma planta em Cubatão e 100% do patrimônio da Bunge Participações e Investimentos S.A.

No que diz respeito a mineração, a empresa recebe o título mundial de maior fabricante de ferro. Produzindo ainda, cobre, níquel, manganês, carvão e ferroligas. No entanto para infelicidade da empresa em 2015 se enrolou em um escândalo no qual gerou uma queda de 23% em suas ações.

Em 2019, se envolveu em outro escândalo semelhante ao de 2015, a fez perder R$ 72 bilhões de seu valor de mercado, atingindo assim, apesar de obter uma receita líquida de R$ 148.6 bilhões um enorme valor negativo de lucro líquido de R$ 8.6 bilhões.

PONTOS RELEVANTES

  • Liderança mundial
  • Baixo custo operacional
  • Alta liquidez na bolsa
  • Baixo endividamento
  • Sujeita a riscos ambientais
  • Mercado internacional competitivo
  • Crescimento recente baixo
Isso não é uma recomendação de compra/venda.

SOBRE Vale - VALE3

VALOR DE MERCADO
R$ 375,46 Bilhões
R$ 375.461.933.261
VALOR DE FIRMA
R$ 410,55 Bilhões
R$ 410.554.959.261
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ 187,36 Bilhões
R$ 187.360.000.000
Nº TOTAL DE PAPEIS
5,28 Bilhões
R$ 5.284.474.782
ATIVOS
R$ 451,14 Bilhões
R$ 451.140.000.000
ATIVO CIRCULANTE
R$ 98,96 Bilhões
R$ 98.960.000.000
DÍVIDA BRUTA
R$ 84,98 Bilhões
R$ 84.982.420.000
DÍVIDA LÍQUIDA
R$ 35,09 Bilhões
R$ 35.093.026.000
DISPONIBILIDADE
R$ 49,89 Bilhões
R$ 49.889.394.000
SEGMENTO DE LISTAGEM
Novo Mercado
FREE FLOAT
63,03%
TAG ALONG
100,00%

COMPARADOR DE AÇÕES

P/L P/VP ROE DY Valor de
Mercado
Margem
Líquida
VALE3 30,30 2,00 6,61% 5,54% R$ 375,46 B 7,26%
LTEL3B - 6,62 0,00% 0,32% R$ 18,66 B 0,00%
BRAP4 24,58 1,54 6,27% 5,82% R$ 17,80 B 0,00%
MMXM3 -0,61 -0,08 13,73% 0,00% R$ 69,75 M 0,00%

Receitas e Lucros Vale - VALE3


Resultados Vale - VALE3

ATIVOS/PASSIVOS Vale - VALE3


BALANÇO PATRIMONIAL Vale - VALE3

Discussão

Olá, faça login ou cadastre-se para postar uma pergunta.

ou

19 de Outubro de 2020

Ainda vale a pena investir?

Pessoal vocês acham que ainda vale a pena investir na empresa VALE?