Estratégias Independência Financeira: Conquistar a tão sonhada independência financeira pode não ser tão difícil quanto se imagina. Com disciplina e alguns conhecimentos, é possível estabelecer estratégias para atingir o nível tão almejado de independência financeira.

Ter Estratégias Independência Financeira bem definidas, e aprender como usar o dinheiro a seu favor em investimentos, podem ser pontos decisivos para chegar a essa tranquilidade que todo mundo busca.

Mas o que é, de fato, independência financeira? Como alcançar essa estabilidade e fugir dos mitos que cercam esse tema?

Enfim, continue lendo para saber mais sobre o assunto, e acompanhe 10 estratégias que te ajudarão a alcançar sua independência financeira definitivamente!

Estratégias Independência Financeira
Homem com moeda na mão – Foto por Freepik.

O que é Independência Financeira?

Estratégias Independência Financeira: Pode ter vários significados, dependendo do ponto de vista e de quem avalia.

Para algumas pessoas, ter independência financeira pode significar ter dinheiro o suficiente para viver com tranquilidade, e fazer o que quiser, como comprar um carro, um imóvel ou viajar, por exemplo.

Outras pessoas podem interpretar independência financeira como atingir uma estabilidade financeira na qual se tem dinheiro o bastante para concentrar em uma atividade que lhe agrade, sem se preocupar com retorno financeiro.

Ou ainda não precisar mais trabalhar e, ainda assim, conseguir manter o padrão de vida.

Alguns especialistas consideram independência financeira quando a pessoa tem investimentos que alcancem por volta de 200 vezes os gastos que eles têm por mês.

Para ilustrar, podemos usar um exemplo de alguém que tenha o valor médio de R$ 3 mil de gastos todos os meses.

Essa pessoa pode considerar que atingiu a independência financeira, quando alcançar um valor mínimo de R$ 600 mil de rendimentos livres perpétuos.

De forma geral, atinge-se a independência financeira quando o custo médio fixo mensal é menor do que a soma das receitas (portfólio + passiva) de maneira vitalícia.

Isso significa que aquela renda que depende de atividades profissionais se torna algo complementar, e a pessoa não depende dela para viver.

Desse modo, mesmo que a pessoa perca o emprego, ou opte por não trabalhar, ela terá outras fontes de renda que são capazes de manter o seu estilo de vida para sempre.

Dessa forma, além de gastar menos do que recebe, é preciso saber multiplicar o que tem.

Apesar de parecer algo muito difícil de conseguir, a independência financeira não é um objetivo inalcançável. O segredo está em fazer um bom planejamento e tomar as melhores decisões.

Estratégias Para Independência Financeira
Imagem com boneco na cadeira e notebook no colo saindo dinheiro – Foto por Freepik.

Mitos sobre a Independência Financeira

Estratégias Independência Financeira: Antes de apresentar estratégias para chegar à independência financeira é importante esclarecer algumas mentiras que contam sobre esse tema.

É importante não ter dúvidas sobre a independência financeira e evitar acreditar em alguns mitos que acabam te desmotivando e te deixando acomodado ao invés de correr atrás da sua estabilidade nas finanças.

Confira abaixo, os principais mitos sobre independência financeira:

Quem não tem um salário alto, não pode alcançar a independência financeira

Estratégias Independência Financeira: É um erro acreditar que não é possível alcançar a independência financeira por não ganhar muito. Afinal de contas, a independência financeira não tem relação com o quanto se ganha, mas com o quanto é possível guardar.

É possível se tornar milionário usando os benefícios de juros compostos. Da mesma forma que é possível ganhar muito, e não conseguir a liberdade financeira.

Uma dica importante é que, caso consiga ganhar mais, deve aumentar o valor poupado também para, assim, aumentar as condições de investimento.

Mas a chave para a desconstrução desse mito, é não esperar começar a ganhar mais para investir. Por isso, comece a investir agora mesmo, planejando os gastos a partir da sua renda atual!

Investir para atingir a independência financeira não é complexo.
Homem de frente para o computador – Foto por Freepik.

Fazer investimentos é algo muito complexo

Estratégias Independência Financeira: Menos da metade dos brasileiros aplicam dinheiro em produtos financeiros. Isso ocorre por causa do mito de que investir é um bicho de sete cabeças.

Essa ideia de que investir é complicado, decorre da falta de educação financeira no Brasil. E, como os brasileiros tendem a não saber como funcionam os investimentos, acreditam ser muito difícil.

De forma geral, os brasileiros que investem, têm um perfil conservador. Ou seja, que não querem assumir muitos riscos.

Desse modo, investir em renda fixa pode fazer parte da carteira de investimentos para compor uma reserva de emergência. Com o tempo, é possível aprender um pouco mais sobre investimentos e buscar opções mais rentáveis.

Não é possível investir com pouco dinheiro

Estratégias Independência Financeira: Hoje em dia, é possível investir com menos de R$ 40,00. Os títulos do Tesouro Direto, por exemplo, permitem investimentos de valores muito baixos.

Esse mito de que é preciso ter muito dinheiro para começar a investir, faz com que muitas pessoas não tenham coragem de começar a investir, e acreditem que não têm condições de chegar à independência financeira.

Afinal de contas, elas acreditam com uma renda suficiente para aplicar em algum produto financeiro.

A verdade é que o mercado de investimentos tem se tornado cada vez mais democrático. Investimentos em ações também podem ser muito baratos. Aliás, até com valores mais baixos que o do próprio Tesouro Direto.

Neste caso, ao invés de comprar um pacote com 100 ações de lote-padrão, é possível comprar ou vender menos ações pelo mercado fracionário.

Existem ações até no valor de R$ 10,00. Dessa forma, não é preciso esperar ter muito dinheiro para começar a investir.

Você não é o responsável por sua aposentadoria

Estratégias Independência Financeira: A esmagadora maioria dos aposentados no Brasil, dependem do governo ou de parentes para sobreviverem. Ou ainda precisam continuar trabalhando após se aposentarem. Menos de 1% dos aposentados conquistaram sua independência financeira.

Geralmente, a aposentadoria paga pelo governo para quem contribuiu com o INSS não é o bastante para manter o mesmo padrão de vida. Sobretudo pelo fato e que os gastos tendem a aumentar na velhice. Principalmente os gastos com saúde.

Se a pessoa investir por conta própria e alcançar a independência financeira, ela poderá decidir quando se aposentar e viver de renda com tranquilidade.

Independência financeira não é diretamente relacionada com o quanto de dinheiro você tem.
Dinheiro em cima do papel – Foto por Freepik.

É preciso acumular muito dinheiro para ter uma vida agradável

Estratégias Independência Financeira: Muita gente cai no mito de que independência financeira é ter dinheiro para comprar mansões, carros importados, roupas de grife e outros luxos.

Mas é importante avaliar do que você realmente precisa para ser feliz. Você realmente precisa de uma mansão, e um jatinho particular para viver feliz?

Para viver com conforto e tranquilidade, não é necessário gastar tanto. Além disso, quem evita gastar com coisas não úteis, tem mais dinheiro sobrando para investir e fazer render.

10 Estratégias para você ser financeiramente independente

Estratégias Independência Financeira: Mas, como alcançar uma situação tão confortável como essa descrita acima? Investir pode ser uma excelente forma de aumentar o patrimônio, fazer o dinheiro render e atingir um nível de independência financeira.

A seguir, acompanhe 10 estratégias infalíveis, para quem busca estabilidade e quer alcançar a independência financeira de uma vez por todas!

1 – Foque em eliminar as dívidas primeiro

Estratégias Independência Financeira: A primeira coisa que você precisa fazer para se tornar independente financeiramente, é eliminar as dívidas.

Organize sua vida financeira e, se for o caso, busque opções de quitação de seus débitos, vendendo as suas dívidas para um banco ou instituição financeira que ofereça boas condições de negociação, como taxas de juros mais baixos. Para que você consiga organizar sua vida financeira concentrando suas dívidas em um só lugar.

A partir do momento que você liquida dívidas, deixa de gastar dinheiro com juros, e pode poupar dinheiro para investir.

2 – Planeje seus objetivos e metas financeiros

Estratégias Independência Financeira: Planejamento é a chave para conquistar a independência financeira. Use aplicativos ou planilhas para te ajudar a traçar suas metas financeiras, e fazer o planejamento orçamentário.

O planejamento deve contar com todas as entradas e saídas de dinheiro. É importante registrar cada detalhe, para manter as finanças bem-organizadas. Pois, no fim do mês, aqueles gastos que parecem insignificantes, podem somar uma boa quantia.

E fazer esse planejamento não é algo complicado, e que demanda muito tempo, como muitas pessoas pensam. Bastam alguns minutos por dia para manter tudo organizado.

Os dados registrados no seu planejamento te ajudarão a traçar as metas financeiras e a entender onde é possível cortar gastos para economizar e investir.

Planejamento financeiro é essencial para atingir a independência financeira.
Mulher com celular na mão e anotando – Foto por Freepik.

Estratégias Independência Financeira: 3 – Renda Extra

Procure atividades que te possibilitem conseguir uma renda extra. Você pode usar suas habilidades para realizar trabalhos que possam ter algum lucro.

Alguns exemplos podem ser fazer artesanatos para venda, oferecer algum serviço ou buscar algum trabalho extra na internet.

Evidentemente, não é recomendado sobrecarregar a sua rotina com essas atividades. Mas você pode usar o tempo livre, como os fins de semana, para conseguir um dinheiro extra.

É importante utilizar esse valor a mais de forma responsável, como em investimentos. Pois, se você aproveitar que está ganhando mais para gastar mais, não conseguirá multiplicar seus recursos para alcançar a independência financeira.

4 – Reserva de Emergência

É importante manter uma reserva financeira que cubra suas despesas por um prazo de até 6 meses.

Essa reserva é fundamental para te socorrer em caso de algum imprevisto. Emergências e imprevistos podem acontecer com qualquer pessoa.

Por isso, é importante ter essa reserva para o caso de surgir uma urgência, como a perda de emprego, por exemplo. Pois ela manterá suas necessidades até você se reestabelecer, evitando que fique endividado, e promovendo maior tranquilidade em momentos difíceis.

Afinal de contas, caso tenha algum problema, poderá manter suas despesas essenciais em dia.

5 – Desenvolvimento Profissional

Estratégias Independência Financeira: Para quem busca pela independência financeira, é importante ficar sempre de olho na carreira, e buscar aprimorar os conhecimentos profissionais.

Afinal de contas, antes de alcançar a tão almejada independência financeira, você irá percorrer um caminho.

Assim, ao se desenvolver profissionalmente, você terá mais chances de aumentar a renda mensal, o que dará mais condições de investimento.

Além disso, à medida em que você se qualifica, novas portas se abrem. Com isso, você terá mais condições de liberdade de escolha.

Estratégias Independência Financeira: 6 – Renda Fixa

Aprender a investir é fundamental para alcançar a independência financeira. Quem ainda não tem muita experiência com os investimentos, pode começar com opções mais conservadores, e ir ousando à medida em que aprende mais sobre o mercado financeiro.

Dessa forma, os investimentos em renda fixa podem ser a base da carteira de investimentos.

Apesar de os ganhos não serem muito altos no começo, eles são mais altos do que o rendimento da poupança. E aumentam com o tempo, já que quanto mais dinheiro é investido, maior será o retorno.

Estratégias Para Independência Financeira
Homem mexendo no celular – Foto por Freepik.

Estratégias Independência Financeira: 7 – Ações

Estratégias Independência Financeira: Mesmo para investidores com perfil conservador, é importante diversificar a carteira de investimentos.

Investir em ativos, como ações, é uma ótima estratégia de investimento, pois possibilita ganhos mais altos de diferentes frentes, e com diferentes prazos de vencimento também.

As ações podem ser excelentes opções de investimento no longo prazo. E têm capacidade para aumentar muito os rendimentos.

Afinal de contas, ao adquirir uma ação, você passa a participar dos lucros da empresa, pois se tornará um sócio da mesma.

Estratégias Independência Financeira: 8 – Fundos de Investimento

Investir em fundos pode ser uma excelente maneira para quem está começando. Afinal, eles são entidades de investimento que funcionam como condomínios de recursos.

Assim, você aplica no fundo, e receberá os rendimentos conforme os investimentos que ele fará em renda fixa ou variável.

A vantagem é que as decisões sobre os investimentos têm grandes chances de serem vantajosas, pois são feitas por profissionais.

Estratégias Independência Financeira: 9 – Gastos inteligentes

Estratégias Independência Financeira: Uma dica muito importante para conseguir alcançar os objetivos financeiros, é estabelecer um teto de gastos, e cortar despesas desnecessárias.

A partir da análise do seu planejamento, você acabará percebendo que pode cortar muitos gastos que não agregam em nada para a sua vida e bem-estar.

Com o tempo, economizar se tornará um hábito, e você perceberá que pode poupar muito com pequenas mudanças na rotina.

Mas tenha atenção para não eliminar as coisas que mais gosta e levar uma vida miserável, pois o objetivo é economizar para investir, e conquistar a independência financeira.

Mas, enquanto isso, é importante ter uma vida tranquila e confortável também, só não precisa esbanjar.

Estratégias Independência Financeira: 10 – Pense no Longo Prazo

Estratégias Independência Financeira: Por último, não se esqueça de traçar seu planejamento pensando no longo prazo. Para quem pretende viver de renda no futuro, é importante prever, no planejamento, quando pretende começar a viver de renda e projetar os gastos mensais atuais.

Mas considerando que você pode viver até 90 anos ou um pouco mais, e que os gastos com saúde devem aumentar na velhice.

Coloque tudo isso na ponta do lápis, para calcular de quanto vai precisar para viver de renda, e decidir os melhores investimentos para conquistar a tão sonhada independência financeira.