Petrobras (PETR3) impulsiona queda do Ibovespa de -0,19%

As três ações que mais valorizaram no dia foram Cogna (COGN3), CVC (CVCB3) e BRF (BRFS3).

Author
Publicado em 05/03/2024 às 18:43h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 05/03/2024 às 18:43h Atualizado 3 meses atrás por Jennifer Neves
Foto - Shutterstock
Foto - Shutterstock

O Ibovespa, principal índice acionário da Bolsa, terminou o dia em baixa de -0,19%, aos 128.098,11 pontos e com volume negociado de R$ 20,6 bilhões

As ações da Vale (VALE3) lideram a composição da carteira teórica do índice com uma queda de 1,18%, sendo comercializadas a R$ 65,94. O preço do minério de ferro encerrou em baixa de 0,84%, atingindo US$ 114,65 por tonelada na Bolsa de Cingapura, enquanto em Dalian, na China, a commodity fechou em alta de 0,69%, alcançando US$ 122,17 por tonelada.

Por outro lado, os papéis ordinários da Petrobras (PETR3) estão em declínio de 0,27%, com preço de R$ 40,94, coincidindo com a queda nos contratos futuros de petróleo.

No topo das perdas do Ibovespa, estão as ações da Vibra (VBBR3), que registram uma queda de 5,01% após a divulgação do balanço do quarto trimestre de 2023, apresentando um lucro líquido de R$ 3,297 bilhões, um aumento de 482,5% em relação ao mesmo período de 2022.

No entanto, Ernesto Pousada, presidente da empresa, mencionou em uma videoconferência que os primeiros três meses de 2024 estão sendo desafiadores em termos de desempenho.

Por outro lado, as ações da Cogna (COGN3) estão em alta de 6,59%, registrando o maior ganho do Ibovespa, depois que a XP Investimentos elevou a recomendação de compra da empresa e aumentou o preço-alvo das ações ordinárias para R$ 4,20 até o final de 2024.

Além disso, as ações da Azul (AZUL4) estão avançando 4,29%, em meio a rumores de que a empresa contratou dois assessores financeiros para uma possível aquisição de pelo menos parte da Gol (GOLL4).

Maiores altas

E maiores baixas:

O dólar e o euro subiram 0,17% e 0,15% frente ao real na sessão, atingindo os R$ 4,96 e R$ 5,38, respectivamente. Em Nova York, S&P 500, Dow Jones e Nasdaq caíram 1,02%, 1,04%, 1,65%, respectivamente.