Petrobras (PETR4) teve o 2º maior lucro do setor de petróleo em 2023

A brasileira só perdeu para a americana Exxon Mobil, que lucrou US$ 36 bilhões. Veja ranking

Author
Publicado em 08/03/2024 às 17:27h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 08/03/2024 às 17:27h Atualizado 3 meses atrás por Marina Barbosa
(Shutterstock)
(Shutterstock)

Apesar de ter apresentado resultados inferiores aos de 2022, a Petrobras (PETR4) registrou o segundo maior lucro do setor mundial de petróleo e gás em 2023. A companhia brasileira só perdeu para a americana Exxon Mobil (EXXO34).

💰 A Petrobras registrou um lucro líquido de R$ 124,6 bilhões em 2023. É o equivalente a US$ 25,7 bilhões. O resultado em dólares caiu 28,7% em relação a 2022, quando a companhia brasileira foi favorecida pela alta dos preços do petróleo.

O resultado da Petrobras é cerca de US$ 10 bilhões menor que o da Exxon Mobil, que lucrou US$ 36 bilhões em 2023. Contudo, supera o dos outros principais players do setor mundial de petróleo e gás, segundo levantamento do CEO da Elos Ayta Consultoria, Einar Rivero.

Leia também: Petrobras (PETR4): Dividendos diminuem 49,5% em 2023

A terceira colocada do ranking, a americana Chevron (CHVX34), por exemplo, teve um lucro de US$ 21,3 bilhões em 2023. As inglesas Shell (SHEL) e BP (B1PP34) aparecem na sequência, já com resultados inferiores a US$ 20 bilhões.

Veja o lucro das principais empresas do setor de óleo e gás:

4ª melhor variação

Além do segundo maior lucro de 2023, a Petrobras apresentou uma das menores quedas na lucratividade do setor, na comparação com 2022.

Apenas uma das empresas analisadas no levantamento de Einar Rivero apresentou um resultado melhor que o de 2022: a BP, que reverteu o prejuízo sofrido em 2022 e, por isso, teve um aumento de 512,7% na lucratividade.

Além disso, só outras duas empresas viram seu lucro diminuir menos que os 28,7% da Petrobras em 2023: a americana EOG Resources e a canadense Canadian Natural Resources, com recuos de 2,1% e 23%, respectivamente.

"Algumas empresas enfrentaram desafios mais significativos. A Occidental Petroleum, por exemplo, teve a maior queda de lucratividade em 2023, com -64,7%, enquanto a líder da amostra, Exxon Mobil, registrou uma queda de -35,4%", comentou Rivero.

Leia também: Petrobras (PETR4): decepção com dividendos mexe com recomendações

Mas dividendos decepcionam

Apesar de continuar em destaque no mercado internacional e de ter apresentado o segundo maior lucro da sua história em 2023, a Petrobras desaba na B3 nesta sexta-feira (8). A reação negativa do mercado reflete a decisão da companhia de não pagar dividendos extraordinários, com base nos resultados de 2023, anunciados na quinta-feira (7).

Ao todo, a Petrobras distribuiu R$ 72,4 bilhões do lucro de 2023 aos acionistas. Considerando os desembolsos realizados ao longo de 2023, os dividendos somaram R$ 98,2 bilhões, um número 49,5% menor que o pico de R$ 194,6 bilhões observado em 2022.

PETR4

Petrobrás
Cotação

R$ 35,82

Variação (12M)

41,09 % Logo Petrobrás

Margem Líquida

22,45 %

DY

21.86%

P/L

4,24

P/VP

1,15