O RLP é uma nova ferramenta da Bolsa de Valores, lançada em 2019. Nos 12 meses seguintes foi determinado a fase de testes, para avaliação e refino da ferramenta.

Por ser algo tão novo, há diversas dúvidas sobre seu funcionamento e se vale a pena ativá-lo em sua conta na corretora.

A ideia é conseguir facilitar a execução das operações a mercado. Assim, nossa Bolsa de Valores possui mais liquidez e evita o fracionamento de lotes.

Se você negocia na Bolsa de Valores não pode deixar de ler este artigo. Continue lendo para entender tudo sobre o RLP e se vale a pena ativá-lo.

O que é RLP?

O que é RLP
Foto por Freepik.

RLP é uma sigla para a palavra “Retail Liquidity Provider” ou, em português, “Provedor de Liquidez ao Varejo”.

Como o nome indica, significa que as corretoras e bancos de investimentos podem atuar como provedor de liquidez. Isso acontece com a possibilidade dessas instituições atuarem na compra e venda na B3.

De tal forma, com as corretoras e bancos comprando e vendendo, o mercado ganha mais liquidez. Afinal, você poderá colocar uma ordem e, em vez de esperar algum investidor comprar, a própria corretora poderá comprar.

Contudo, mesmo com o RLP suas negociações continuam na B3. Com a ferramenta, sua corretora pode atuar mais ativamente, permitindo melhores condições de preço e liquidez.

Retail Liquidity Provider não é uma tecnologia exclusiva do Brasil. De fato, os estadunidenses já possuem o RLP regulamentado desde 2012. Só após 7 anos que nossa CVM autorizou a implementação da funcionalidade aqui.

Como características do uso da ferramenta, podemos destacar:

  • Negociação de atos volumes com um preço único, evitando o fracionamento;
  • Rapidez de negociação.

Seu funcionamento está restrito aos minicontratos futuros. Contudo, há especulação que se o sistema for acolhido pelos investidores, possa ter outros produtos atendidos, como as ações.

Como funciona o Retail Liquidity Provider?

Antes de mais nada, vamos explicar brevemente a intermediação na B3.

Quando queremos investir na Bolsa de Valores, temos alguns caminhos:

  • Bancos de Investimento
  • Bancos múltiplos
  • Corretoras de Valores

Esses 3 agentes atuam como intermediários, ligando nós, investidores, com outros investidores através da plataforma da B3. Portanto, a ponta compradora e vendedora possui uma pessoa operando.

Portanto, corretoras, bancos múltiplos e de investimentos apenas fazem o meio de campo na compra e venda dos contratos.

Com o RLP esse sistema tem uma pequena modificação. Agora, os intermediários poderão ser a ponta compradora ou vendedora.

Assim, em vez de você me vender os contratos futuros, sua corretora poderá comprar de você. Logo, sua operação consegue ser executada com muito mais rapidez.

Seu funcionamento na prática

Funcionamento do RLP
Foto por Freepik.

Quando você possui o RLP ativado, a oferta não fica visível no book de ofertas. Quem poderá visualizar é apenas a corretora que enviou. Quando a operação for fechada, ela fica visível para todos.

Assim, ao emitir sua ordem, a corretora irá disponibilizar em sua carteira e, ela mesma, irá fazer uma oferta de compra ou venda de uma determinada quantidade e no preço que deve ser melhor que o de mercado.

Assim, a contraparte da sua ordem será a própria corretora. Somente depois que essas ordens vão à público. Caso a oferta RLP não seja concluída, ela será cancelada ao final do dia.

Isto é, em vez da corretora pegar sua ordem compra e casar com a ordem de venda de outro investidor, a instituição pega sua ordem e coloca na sua carteira. Ou seja, a corretora diz que sua ordem foi executada, mas ela não foi ainda para o mercado.

De tal modo, todas as negociações continuam sendo negociadas pela B3. No caso, ligadas ao sistema de negociação PUMA Trading System.

Lembrando que para as ofertas RLP não são obrigatórias. Logo, se você quiser usar essa ferramenta será necessário ativá-la na sua corretora.

Regras do RLP

O sistema de Retail Liquidity Provider possui certas regras, como:

  • Exclusivo para pessoas físicas;
  • A corretora só poderá fazer ofertas RLP com sua base de clientes;
  • Não é obrigatório, necessitando de aceite prévio;
  • Somente para ordens à mercado;
  • O preço da oferta RLP terá que ser melhor ou igual ao de mercado no momento;
  • O volume de negociações em RLP da instituição não poderá ultrapassar de 15%;
  • Apenas estão dentro da ferramenta os minicontratos de dólar e índice, por enquanto;
  • A oferta RLP deverá ser cancelada no fim do dia, caso não haja conclusão do negócio;
  • Ofertas RLP só entram no book de ofertas após o negócio ser fechado.

Quais as vantagens do RLP?

Vantagens do Retail Liquidity Provider
Foto por Freepik.

Em geral, ao ativar o RLP em sua conta você não verá grandes diferenças. Afinal, o ambiente é o mesmo, mudando apenas a dinâmica.

Contudo, ainda assim podemos observar algumas vantagens de ter a função ativada:

Maior liquidez

Com a RLP as corretoras, os bancos de investimentos e múltiplos estarão negociando com seus clientes. Assim, podemos esperar que haja maior liquidez às operações.

De tal maneira, teremos um ambiente mais dinâmico e rápido nas negociações.

Melhores preços

Pelas regras que comentamos, os intermediadores deverão garantir ao investidor um preço igual ou melhor em relação às ofertas atuais no mercado. Assim, evita-se negócios desvantajosos para os clientes.

Outro ponto positivo é não precisar fracionar as ordens. Afinal, dependendo do nível de liquidez, às vezes era necessário que uma ordem fosse quebrada em várias menores e com preços diferentes.

Isso era feito para conseguir executar ordens mais rapidamente. Pois, havia situações em que não havia quantidade suficiente de compradores ou vendedores por aquele preço.

Contudo, quando fazemos o fracionamento precisamos fazer cálculos de preço médio — algo que complica para muito saber retorno, impostos a pagar e executar com maestria.

Além disso, o novo sistema de RLP está reduzindo as taxas de corretagem. Não porque por causa do seu funcionamento em si, mas porque a estratégia de marketing das corretoras está sendo oferecer taxa zero para clientes que aderem ao novo sistema.

Lembra quando falei que a corretora coloca sua ordem na própria carteira em vez de casar com outro investidor? Então, nesse momento, a corretora ganha dinheiro no sistema.

Pois, ao pegar sua ordem, ela busca ganhar um spread (diferença) entre o valor que ela executou para você e que ela coloca no mercado público.

No índice é chamado de “spread de meio ponto”, ou seja, a corretora ganha meio ponto naquele lote. Daí o motivo de muitas estarem oferecendo corretagem zero, afinal elas ganham com o spread.

Portanto, quem negocia minicontratos pode ser uma opção interessante para ter maior liquidez e redução de custos.

Quais as desvantagens e riscos?

Desvantagens do RLP
Foto por Freepik.

O sistema de RLP tem um cenário que gera polêmicas. Suas vantagens foram espalhadas aos setes ventos pelas corretoras, mas alguns especialistas vão de encontro com a ferramenta.

Por exemplo, o analista e fundador da Suno Research, Tiago Reis, vai além e condena o RLP argumentando que a função é prejudicial aos investidores. Isso se deve ao fato de que o analista visualiza o cenário em que os intermediários negociam contra o cliente.

Conflito de interesse

Segundo Tiago Reis e o relatório da consulta pública da B3, o novo sistema RLP gera conflitos de interesses.

Isto é, as corretoras passam a ter duplo papel. O analista explica que “[a corretora tem o papel de] desenvolver algoritmos de negociação utilizados pelos clientes e de, ao mesmo tempo, ir contra as ordens geradas pelo próprio algoritmo via RLP”.

Isso porque as corretoras costumam ter salas online de recomendação de ponto de entrada e saída nas operações. Logo, ao mesmo tempo que a instituição dá uma recomendação, ela estará negociando contra seus clientes e contra sua recomendação.

Possível redução no volume de negociação

Para os grandes investidores institucionais, ou market makers, ir contra o fluxo de ordens de pessoa física é menos arriscado. Isso porque é um fluxo menos informado e, portanto, apresenta menor risco aos market makers.

Com o RLP, o fluxo que chega no mercado possui um nível de maturidade maior. Afinal, é a corretora ou banco, em vez da pessoa física. Essa mudança faz com que haja maior risco para os investidores institucionais.

De tal maneira, se esse fato se confirmar, os market makers podem reduzir seu volume de negociação para compensar. Há também a possibilidade de aumentar o spread das operações.

Assim, vemos que isso poderá levar o RLP não ser atraente. Afinal, seu objetivo é oferecer liquidez, mas pode causar a queda do volume, devido aos fatores elencados acima.

Enfim, vale a pena ativar o RLP?

Vale a pena ativar o Retail Liquidity Provider (RLP)
Foto por Freepik.

Antes de tudo, temos que nos lembrar que o RLP é um sistema novo, lançado em 2019. Portanto, ainda é preciso mais estudos e acompanhamento próximo das autoridades.

Sabemos que todo produto em seu começo pode ter problemas. Por isso, as negociações feitas em RLP são divulgadas e analisadas mensalmente pela CVM, B3 e BSM.

Assim, não há consenso sobre valer ou não a pena ativar. Nesse sentido, é um debate em aberto sobre as reais vantagens do RLP.

Portanto, é preciso que antes de ativar a opção, você estude as vantagens e desvantagens para o seu perfil de investidor. Observando os custos zero para corretagem, pode ser uma boa opção para day traders.

O RLP também é bom para o mercado financeiro como um todo. Isso porque nessa briga por taxas baixas, as corretoras agora conseguem ter um sistema lucrativo (pelo ganho nos spreads).

Assim, podemos esperar uma melhora nos sistemas e atendimento das corretoras. O que é benéfico para todos.

Em suma:

  • Você ganha liquidez e baixo custo;
  • Corretoras possuem lucratividade, possibilitando melhorar os produtos e serviços.

Por fim, antes de ativar, aconselho buscar as opiniões de especialistas no seu tipo de atuação. Afinal, as opiniões são bem divergentes. Por isso, escutar todos os lados antes de tomar alguma decisão é fundamental.

Ainda não tem sua corretora? Leia este artigo que nós te ajudamos a escolher a melhor!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui