B3, bolsa de valores ou bovespa

Se você é um iniciante na Bolsa de Valores (ou B3), provavelmente já se deparou com outros nomes para mesma, inclusive aqui no site mesmo você já encontrou com outros nomes (conheça a história da bolsa de valores aqui).

Bolsa de Valores Brasileira, B3
Bolsa de Valores – Foto: Freepik

Você a pode confundir e talvez se perguntar se tudo é a mesma coisa é BM&F Bovespa, Ibovespa, BOVA11, no entanto o nome que recebe atualmente é B3.

No fim das contas o que seria a B3? Ela mudou de um nome para outros, muitos se confundem com sua real funcionalidade, então o que seria a B3 e como ela funciona?

É exatamente sobre isso que falaremos nesse artigo, se você tem interesse em descobrir o que é, e busca investir no negócio de ações, convido a você para continuar comigo e até o final desse artigo estará totalmente familiarizado com o assunto.

O que é a B3?

A B3 nada mais é do que a maior Bolsa Paulista e a principal brasileira, assim como a NYSE é a bolsa de valores de Nova York. A B3 trabalha com a negociação de ações, títulos, commodies, entre outros ativos das grandes empresas brasileiras.

Além da negociação e segurança nessa comercialização, a B3 calcula o desempenho médio das empresas e dispõe publicamente para investidores e possíveis investidores.

No entanto a B3, não possui apenas este significado, para muitos a B3 significa uma oportunidade de vida, uma oportunidade de: adquirir uma renda extra, aumentar carta de crédito, investir com segurança sem precisar sair de casa e de possivelmente estabelecer uma base mais interessante para sua aposentadoria.

Outras pessoas, porém, utilizam da B3 para compreender melhor o mercado, enquanto buscam investir de maneira indireta nas empresas e nos ativos dispostos no mesmo.

Independente de para qual modo se o utiliza a B3 o fato é que ela apresenta alto nível de importância no mercado, e aqueles que buscam investir devem compreender sua funcionalidade.

Até porque uma queda na B3, além de não ter bons reflexos para nenhum brasileiro, também pode representar grande queda para todo o mercado, chegando a desvalorização do real.

Como a bolsa funciona?

No intento de compreender a atuação da B3, será preciso explicar desde o início, do momento no qual a empresa entra para o mercado acionário e disponibiliza suas ações no mercado, até o instante que os investidores negociam as ações ofertadas entre eles.

O primeiro passo é o lançamento das ações na B3 por parte das empresas, com isso as corretoras de valores responsáveis organizaram a comercialização destas ações para aqueles que desejam investir. Após o fechamento do negócio a empresa adquire o dinheiro das ações, dando entrada no mercado primário.

A partir da primeira etapa concluída, as ações da empresa passam a ser comercializadas na B3 entre os próprios interessados em investir, essa é a segunda parte. O dinheiro da compra passa de um investidor para outro e não mais para a empresa como foi no primeiro momento, constituindo assim, o seguimento de mercado secundário.

Deste momento em diante, na terceira etapa, o investidor que porta ações e deseja vende-las, disponibiliza por meio de sua corretora uma ordem de venda com valor previamente estabelecido, esta ordem é automaticamente registrada na B3.

Desse modo, o investidor que busca comprar ações, estabelece um mando de compra com o mesmo valor estabelecido pelo vendedor, permitindo o fechamento do negócio.

A B3 entrará nessa transação garantindo que o investidor que realizou a venda das ações receba seu dinheiro e aquele que comprou as ações receba suas ações.

Não estamos em Hollywood

Home Broker
Home Broker – Foto: Freepik

Talvez até agora você pensa que as negociações na bolsa são realizadas como nos filmes, com várias pessoas gritando, telefones que não param de tocar, porém sinto em lhe informar que na realidade as coisas não são bem assim, na verdade não é nada parecido com isso.

A transações da bolsa são realizadas todas via internet, por meio de diferentes plataformas online, onde as corretoras dispõem de sua plataforma particular, conhecidas também com Home Broker.

Mesmo que a B3 seja mais conhecida por negociar ações, está não é sua única funcionalidade, a mesma atua em outros setores como:

  • Mercado à vista;
  • Derivativos listados;
  • Derivativos de balcão;
  • Ativos de renda fixa;
  • Crédito imobiliário;
  • Financiamento de veículos.

Deste modo a B3 é um local de encontro para os investidores interessados em comprar ou vender diferentes tipos de ativos financeiros. Atuando também, como descrito anteriormente, no estabelecimento de normas de negociações com intuito de deixar o ambiente seguro e confiável para todos os envolvidos no processo.

Outras duas atividades executadas pela B3 é, Agente de Clearing, onde gerencia os riscos presentes nas transações dos investidores. Agente de Custódia, que diz respeito a guarda das negociações efetuadas, ou seja, realiza a guarda dos papéis obtidos até o momento do resgate ou venda do mesmo.

Conclusão

Para quem está iniciando agora a B3 pode se mostrar complexa e de difícil compreensão. No entanto, na prática pode-se compreender de maneira mais clara. Sendo assim, é indicado para aqueles que buscam investir realizar o acompanhamento diário das negociações. O que você pode fazer aqui.

Ao parar para observar as negociações você notara que os números oscilam o tempo todo, o que levanta a pergunta de porque eles caem e sobem durante certo espaço de tempo.

Resumidamente, isso ocorre porque são os investidores que colocam preço nos ativos e esta precificação é gerada de acordo com as expectativas que eles possuem do mercado.

Dessa maneira, diferentes coisas podem afetar o mercado e fazer com que os preços oscilem, tornando essencial acompanhar as negociações diariamente. Se possível utilizar da ajuda de sites como o nosso para buscar entender melhor o mercado e realizar investimentos de maneira assertiva.  

Fique atento ao nosso conteúdo e esteja sempre pronto para aprender. Não deixe de comentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui