Montar uma carteira de ações com foco em dividendos é uma estratégia muito adotada por quem deseja construir uma fonte de renda passiva ao longo do tempo.

De pequenos a grandes investidores, todos podem investir em ações e em outros tipos de ativos geradores de renda. Para quem está começando com pouco, o importante é manter a constância, fazendo aportes regulares e reinvestindo os dividendos recebidos.

Após alguns anos mantendo o foco, você conseguirá montar uma excelente fonte de renda, e a depender dos seus objetivos e estilo de vida, viver exclusivamente de dividendos.

Se você ainda tem dúvidas, saiba que grandes nomes do mercado de ações, como Warren Buffet e Luiz Barsi, são ótimos exemplos de pessoas que compreenderam a relevância dos dividendos para construção de patrimônio.

Para saber mais sobre o assunto e montar uma carteira com foco em dividendos, continue conosco até o final do artigo.

O que é uma carteira de ações com foco em dividendos?

Uma carteira de ações com foco em dividendos é formada por um conjunto de ações selecionadas com base na capacidade das empresas emissoras de distribuir dividendos recorrentes e aos seus acionistas.

Ao montar uma carteira com foco em dividendos, os investidores buscam empresas que ofereçam estabilidade e distribuições de lucros atrativas.

Além disso, vale destacar o seguinte:

  • Como os dividendos são pagamentos que tem origem na distribuição de parte do lucro das empresas aos seus acionistas, as organizações que pagam dividendos costumam contar com um histórico de lucros estáveis e fluxo de caixa positivo.
  • Por sua vez, os investidores que optam por uma carteira de ações com foco em dividendos geralmente possuem um horizonte de investimento de longo prazo e valorizam os fluxos de renda passiva gerados pelos dividendos ao longo do tempo.

Essa estratégia de investimento pode ser muito interessante para investidores que buscam uma fonte de renda estável para a aposentadoria ou que sonham em construir um patrimônio significativo ao longo do tempo.

Qual o perfil de quem investe em dividendos

O perfil dos investidores que optam por investir em ações com foco em dividendos pode variar, mas geralmente inclui as seguintes características

  • Investidores conservadores: Investidores conservadores costumam valorizar a estabilidade e previsibilidade dos fluxos de caixa provenientes dos dividendos, e muitas vezes os utilizam como uma fonte de renda.
  • Investidores de longo prazo: Investidores com foco em dividendos tendem a ter um horizonte de investimento de longo prazo.

Os investidores de longo prazo não estão preocupados com as flutuações de curto prazo no mercado de ações, mas sim, com a capacidade das empresas em gerar lucro e aumentar os dividendos pagos ao longo do tempo.

Sendo assim, podemos afirmar que o perfil dos investidores que optam por uma estratégia de investimento em dividendos tende a ser mais conservador, focado em renda passiva e orientado para o longo prazo.

Vale a pena montar uma carteira de ações com foco em dividendos?

Vale a pena montar uma carteira de ações com foco em dividendos?
Vale a pena montar uma carteira de ações com foco em dividendos? – Foto: Freepik

A decisão de montar uma carteira de ações com foco em dividendos depende dos objetivos, tolerância ao risco e horizonte de investimento de cada indivíduo.

Em geral, montar uma carteira de ações pagadora de dividendos é uma boa estratégia. No entanto, os pontos em destaque abaixo, vão lhe ajudar a entender se isso de fato é o que você procura.

Objetivos financeiros

Se o seu principal objetivo é gerar uma renda passiva estável ao longo do tempo, uma carteira de dividendos pode ser uma boa escolha.

Os dividendos podem lhe fornecer uma fonte de renda regular, que por sua vez, pode ser particularmente útil durante a aposentadoria ou para complementar outras formas de renda.

Tolerância ao risco

Embora ações de empresas que pagam dividendos possam oferecer pagamentos regulares de dividendos, elas ainda estão sujeitas à volatilidade do mercado de ações.

Sendo assim, é muito importante que você avalie o seu perfil de tolerância ao risco, e se adapte para investir com foco no longo prazo, ou seja, você não poderá vender a ação por desespero em um momento de desvalorização.

Lembre-se que o seu foco não estará mais em ganhar dinheiro com a compra e venda de ações, mas sim, com os dividendos pagos ao longo do tempo. Além disso, na maior parte dos casos, ações se valorizam quando olhamos para o longo prazo.

Horizonte de investimento

Investir em uma carteira de dividendos é mais adequado para investidores de longo prazo, já que a verdadeira vantagem dessa estratégia está no crescimento dos dividendos pagos e acumulados ao longo do tempo.

Diante disso, se você tem um horizonte de investimento de curto prazo, essa estratégia pode não ser a mais adequada para os seus objetivos.

Diversificação

Ao montar uma carteira de dividendos, é importante garantir uma boa diversificação entre setores e empresas.

Evite investir todo seu capital em uma única empresa pagadora de dividendos. Prefira investir em múltiplas empresas, inclusive de diferentes setores, pois dessa forma, você minimiza os riscos.

Como montar uma carteira de ações com foco em dividendos

Para montar uma carteira de dividendos você precisará realizar análises fundamentalistas visando selecionar empresas que pagam dividendos, mas que também, tenham boa gestão, e perspectivas de crescimento.

Diante disso, a boa notícia é que o Investidor 10 pode lhe fornecer todas as ferramentas necessárias para que você consiga montar a sua carteira de dividendos.

Veja algumas orientações no passo a passo abaixo:

1.Confira a agenda e o ranking de dividendos do mercado de ações

Para montar uma carteira de ações com foco em dividendos você precisa mapear empresas que pagam dividendos regularmente aos seus acionistas, e para isso, você pode acessar gratuitamente a nossa agenda de dividendos.

Na agenda de dividendos do Investidor 10, você consegue verificar os próximos dividendos que serão distribuídos em ordem cronológica, tanto com base na data com, quanto com base na data de pagamento. Além disso, é possível verificar o valor dos dividendos que serão distribuídos para cada ação.

Por sua vez, uma outra possibilidade, consiste em acessar o nosso ranking das maiores pagadoras de dividendos da Bolsa de Valores, e fazer os filtros necessários.

2.Analise o Dividend Yield

O Dividend Yield é uma métrica que compara o valor dos dividendos pagos por uma empresa com o preço de suas ações.

Dividend Yield = Dividendo por ação / Valor da ação x 100

Sendo assim, um dividend yield alto pode indicar que a empresa está distribuindo uma parcela significativa dos seus lucros. No entanto, esse tipo de indicador não deve ser avaliado de forma isolada.

Para que determinada empresa continue pagando um bom volume de dividendos ao longo do tempo, ela precisa ter fundamentos sólidos, que por sua vez, exigem a análise de outros indicadores.

3.Analise o Payout

O Payout, ou taxa de distribuição de dividendos, é a proporção dos lucros da empresa que é distribuída como dividendos aos seus acionistas.

Sendo assim, um payout elevado, indica que a empresa está preocupada em gerar retorno aos seus acionistas por meio do pagamento de dividendos.

Payout = Proventos Pagos / Lucro Líquido

4.Periodicidade das distribuições de dividendos

Analise se a empresa paga dividendos regularmente, afinal, quando o objetivo é montar uma carteira de ações com foco em dividendos, é mais interessante optar por empresas que distribuem lucros frequentes.

Partindo desse princípio, acesse a nossa página de ações para consultar o histórico de proventos das empresas em que você está considerando investir.

5.Lucro Líquido

Para que uma empresa pague dividendos aos seus acionistas, ela precisa gerar lucro. Sendo assim, é muito importante que você procure investir em empresas que se mostram lucrativas.

Procure empresas pagadoras de dividendos que registraram uma forte lucratividade nos últimos anos, e que possuem fundamentos sólidos para alcançar novos resultados positivos no futuro.

6.Lucro por Ação (LPA)

O Lucro por Ação é uma métrica que indica se uma empresa é lucrativa ou não, e a sua fórmula de cálculo é a seguinte:

LPA = Lucro Líquido / Número de Ações em Circulação

Um LPA negativo, por exemplo, indica que a empresa está operando com prejuízo ao invés de lucro, o que também quer dizer que os seus acionistas não estão recebendo pagamento de dividendos ou juros sobre o capital próprio.

Por outro lado, um LPA positivo, indica que a empresa está sendo capaz de gerar lucro, e que, portanto, pode distribuir o mesmo aos seus acionistas.

Não tenha dúvidas, para montar uma carteira de ações com foco em dividendos, com base em uma boa análise fundamentalista, você reduz riscos e aumenta suas chances de montar uma carteira de sucesso, capaz de lhe gerar um excelente retorno.

Quanto preciso investir para viver de dividendos?

Quanto preciso investir para viver de dividendos?
Quanto preciso investir para viver de dividendos? – Foto: Freepik

A quantidade de dinheiro que você precisa investir para viver exclusivamente de dividendos depende de vários fatores, dentre os quais, podemos destacar:

  • Seu estilo de vida;
  • Suas despesas mensais;
  • Valor dos dividendos pagos pelas empresas.

Sendo assim, se antes de montar uma carteira de ações com foco em dividendos, você deseja saber quanto vai precisar investir para viver da renda gerada por suas ações, siga as dicas abaixo:

1.Calcule suas despesas mensais

Comece determinando quanto dinheiro você precisa mensalmente para cobrir todas as suas despesas com segurança.

Por exemplo, se suas despesas mensais são de R$ 3.000,00 você precisará receber R$ 36.000,00 (R$ 3.000,00 x 12) em dividendos por ano.

2.Faça uma média do histórico de dividendos da sua possível carteira

Após definir em quais ações investir, verifique o histórico de dividend yield das empresas que vão compor a sua carteira.

Esse passo é muito importante, pois para chegar ao montante que você precisa investir, é necessário conhecer o percentual de retorno que a carteira de ações com foco em dividendos pode lhe oferecer.

3.Calcule o montante necessário

Por fim, divida as suas despesas anuais pelo percentual de dividendos que você espera receber, para descobrir quanto será preciso investir.

Veja o exemplo:

  • Despesas anuais: R$ 36.000,00
  • Percentual de retorno do investimento em dividendos (Dividend Yield): R$ 15%

Valor que precisa ser investido = Despesas Anuais / Dividend Yield

Valor que precisa ser investido = R$ 36.000,00 / 15%

Valor que precisa ser investido = R$ 240.000,00

Dito isso, a boa notícia é que quanto maior for o montante investido ao longo do tempo, maiores tendem a ser os seus rendimentos.

Conheça a carteira de dividendos do Investidor 10

Se ao invés de fazer todas as análises por conta própria, você prefere investir em uma carteira de dividendos montada por especialistas, você pode contar com o Investidor 10 Pro.

No Investidor 10 Pro você terá acesso a uma série de carteiras, incluindo:

  • Carteira Buy And Hold: Uma carteira desenvolvida especialmente para o investidor que valoriza a qualidade da empresa acima de qualquer outro fator.
  • Carteira de Dividendos: Recomendações de ações para quem deseja viver de renda passiva através dos dividendos pagos pelas empresas.
  • Carteira Mid e Small Caps: As melhores oportunidades da bolsa para quem busca investir em empresas em estágio inicial, mas com grande potencial de crescimento.
  • Carteira Internacional: Carteira de investimento voltada para quem deseja diversificar seu portfólio com empresas no exterior.
  • Carteira de Fundos Imobiliários: Carteira para quem deseja viver da renda proveniente de aluguéis, mas sem a dor de cabeça de cuidar da gestão e manutenção dos imóveis.

Nossas carteiras são recomendadas para quem:

  • Para quem já investe e deseja multiplicar seus resultados.
  • Para quem vai começar a investir e precisa de um auxílio.
  • Para quem não quer gastar tanto tempo com análises e prefere dedicar mais tempo ao seu trabalho, família e lazer.
  • Para quem tem foco no crescimento de patrimônio, ou deseja viver de dividendos.
  • Para quem deseja ter acesso a carteiras elaboradas por uma equipe independente, que tem como único objetivo melhorar a rentabilidade de seus assinantes, não havendo conflitos de interesses.

Além disso, no Investidor 10 Pro você terá acesso a ferramentas como:

  • Preço Justo de Graham;
  • Checklist Buy And Hold;
  • Gerenciador de Carteiras;
  • Comparador de Ações;
  • Lista de Small Caps;
  • Gráfico de Metas;
  • Rankings de Ações;
  • Agenda de Dividendos;
  • Histórico de Proventos;
  • Startups com Captação Aberta;
  • Lista de Próximos IPOs;
  • Conversor de Criptomoedas;
  • Rankings de Criptomoedas;
  • Cursos sobre investimentos;
  • Relatórios e Análises;
  • Dentre outras ferramentas importantes.

Estamos falando de uma plataforma completa e integrada a Bolsa de Valores, para que você possa acompanhar o desempenho da sua carteira, tomar decisões assertivas e maximizar o retorno dos seus investimentos para chegar mais longe!

Clique aqui para saber mais e garantir a sua assinatura!

Por fim, antes de sair, caso ainda não siga, não se esqueça de seguir o Investidor 10 nas redes sociais!