LPA – Lucro por ação, você sabe o que é, como analisar e o que ele representa na análise fundamentalista de uma empresa? Neste artigo, o Investidor 10 explicará em detalhes tudo o que está por trás do LPA, para que assim você possa ter cada vez mais subsídios para as suas tomadas de decisão no universo dos investimentos em ações. 

Deseja saber mais sobre o LPA? Então, continue conosco e acompanhe esse artigo até o final!

O que é LPA?

O que é LPA?
O que é LPA? – Foto: Freepik

O LPA ( Lucro Por Ação) é um dos indicadores fundamentalistas mais importantes na análise das ações de uma empresa. Como o próprio nome já diz, ele busca retratar nada mais, nada menos do que o lucro oferecido por cada ação ao investidor.

Sua fórmula é simples e consiste na divisão do lucro líquido de uma companhia em determinado período pelo o número total de ações emitidas por ela.

Com base no LPA, podemos saber por exemplo, se uma empresa é lucrativa ou não. Uma informação que por sinal é muito relevante para o investidor, afinal ninguém deseja investir em uma empresa que não gera lucros, não é mesmo?

Um LPA negativo, por exemplo, indica que a empresa está operando com geração de prejuízo ao invés de lucro, o que também quer dizer que os seus acionistas não receberam o pagamento de dividendos ou juros sobre o capital próprio. Percebeu como é importante conhecer o significado e entender melhor alguns indicadores fundamentalistas?

Sem conhecer o real significado do lucro por ação, você poderia investir em uma empresa que não vem gerando resultados positivos e que em virtude disso não tem qualquer previsão quanto ao pagamento de dividendos aos seus acionistas.

Como calcular na prática o Lucro Por Ação?

Para facilitar a sua compreensão e consolidação do seu entendimento sobre o assunto, vamos a um exemplo prático de cálculo do LPA.

Para isso, vamos considerar que determinada empresa obteve um lucro líquido de R$ 10 bilhões ao final de um ano, conforme dados do seu balanço anual e que o seu número total de ações emitidas é de 8 milhões de ações. Como ficaria o cálculo do LPA?

LPA = 10 Bilhões / 8 Bilhões

LPA = 1,25

Percebeu como é simples calcular o LPA de uma empresa? Vale destacar, que você não precisa ir atrás dos número de ações emitidas por determinada empresa para encontrar o seu respectivo LPA. Esse e muitos outros indicadores e informações estão disponíveis para consulta na área de ações e indicadores fundamentalistas aqui do Investidor 10.

Cuidados ao avaliar o indicador LPA

Cuidados ao avaliar o LPA
Cuidados ao avaliar o LPA – Foto: Freepik

Muitos investidores utilizam o LPA como um dos critérios mais importantes para suas decisões como investidor, o que faz todo o sentindo. No entanto, é sempre bom esclarecer que um único indicador não deve ser utilizado como parâmetro para entender a saúde financeira e os resultados que uma empresa pode oferecer aos seus investidores.

Para aqueles que buscam ações pagadoras de dividendos por exemplo, além de um bom LPA, é preciso analisar outros indicadores, dentre eles:

Payout: Demonstra o percentual do lucro distribuído pela empresa aos seus investidores em determinado período;

Dividend Yield: Representa a relação entre o valor de determinada ação e o valor dos dividendos pagos pela empresa aos seus acionistas em determinado período;

P/L: Demonstra para o investidor, quanto tempo ele levaria para recuperar o valor investido em uma empresa com base nos seus dividendos.

São muitos os indicadores relevantes para uma boa análise fundamentalista, por isso realizar uma análise de um único indicador de forma isolada não é o ideal. Busque sempre analisar um conjunto de indicadores, levando em consideração também os seus objetivos como investidor.

Outra dica importante é analisar e fazer comparações de indicadores entre empresas do mesmo setor e não entre empresas de segmentos distintos, a fim de evitar distorções no resultado das suas análises.

O que significa um LPA negativo?

Talvez, você já tenha visto por aí, alguma empresa com este importante indicador negativo. Mas, afinal o que isso representa?

Podemos responder a essa pergunta apenas com base no que estudamos até aqui. Já sabemos por exemplo, que o LPA é uma divisão dos lucros de uma empresa pelo número de ações emitidas por ela, certo?

Isso quer dizer que matematicamente o lucro por ação só poderá ficar negativo, se o lucro líquido da empresa também for negativo, o que indica que a empresa em questão apresentou prejuízo no seu balanço e portanto não pagou dividendos aos seus acionistas. Fique atento!

Deseja saber mais sobre indicadores fundamentalistas e assim melhorar cada vez mais a sua assertividade em relação aos seus investimentos? Então, não deixe de acompanhar  a nossa página de ações.

Aqui no Investidor 10, você encontra informações de valor e uma listagem completa e atualizada de indicadores das principais ações negociadas na Bolsa de Valores, não deixe de conferir!

Gostou do conteúdo? Então, não se esqueça de compartilhar!