Petrobras (PETR4) se prepara para explorar novos poços do pré-sal em 2025

O Macaé Energy 2024 contou com a participação da presidente da Petrobras, Magda Chambriard.

Author
Publicado em 13/06/2024 às 16:29h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 13/06/2024 às 16:29h Atualizado 1 mês atrás por Elanny Vlaxio
O Plano de Renovação da Bacia de Campos também inclui investimentos para quase dobrar a produção  (Shutterstock)
O Plano de Renovação da Bacia de Campos também inclui investimentos para quase dobrar a produção (Shutterstock)

A Petrobras (PETR4) está traçando planos para explorar novos poços do pré-sal na Bacia de Campos a partir de 2025. Segundo Alex Murteira Celem, gerente-geral da Unidade de Negócios da Petrobras na bacia, esses poços podem ser "o futuro da Bacia de Campos". A revelação foi feita durante o Macaé Energy 2024.

🎉 A iniciativa faz parte de um conjunto de ações que visam garantir a produtividade da região, incluindo investimentos na revitalização de campos maduros e no descomissionamento de antigas plataformas. O Macaé Energy 2024  contou com a participação da presidente da Petrobras, Magda Chambriard, que se juntou à programação por videoconferência. 

Leia também: Conheça o FII que paga dividendos pela primeira vez

“A região Norte Fluminense sempre teve uma enorme relevância para o setor de óleo e gás e a nossa cadeia de fornecedores, sediando parte significativa da nossa produção e logística. Tenho certeza de que este evento representa um marco da retomada de Macaé e de toda a região, tornando-se um centro de discussões sobre o nosso setor e consolidando a cidade como um hub de negócios para o mercado”, disse Magda.

💭 Segundo informações da Celem, a empresa iniciará a exploração de três blocos adquiridos na bacia de Campos no primeiro semestre de 2025: Forno, Água Marinha e Norte de Bravo. “Vamos perfurar o primeiro poço exploratório em águas marinhas no pré-sal da bacia de Campos, e temos muita esperança, pelo conhecimento que temos da área, de ser o futuro da bacia”, afirmou. 

Ele também falou sobre duas novas unidades que serão introduzidas na bacia, com capacidade para produzir 20% a mais do que anteriormente, ao mesmo tempo em que reduzem as emissões de gases do efeito estufa em 55%. O Plano de Renovação da Bacia de Campos também inclui investimentos para quase dobrar a produção de petróleo atual na região até 2028.

PETR4

Petrobrás
Cotação

R$ 37,43

Variação (12M)

42,89 % Logo Petrobrás

Margem Líquida

22,45 %

DY

16.71%

P/L

4,43

P/VP

1,20