Musk ameaça banir Apple (AAPL34) de suas empresas; entenda

Embora a disputa entre Musk e Apple tenha tomado conta das manchetes, a WWDC 2024 também apresentou outras novidades.

Author
Publicado em 11/06/2024 às 10:40h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 11/06/2024 às 10:40h Atualizado 1 mês atrás por Elanny Vlaxio
A Apple também revelou recursos aprimorados de inteligência artificial (Shutterstock)
A Apple também revelou recursos aprimorados de inteligência artificial (Shutterstock)

Elon Musk, CEO da Tesla (TSLA34) e SpaceX, anunciou na plataforma X, na última segunda-feira (10), que irá banir o uso de dispositivos da Apple (AAPL34) em suas empresas caso a gigante de tecnologia integre o software da OpenAI em seu sistema operacional. A decisão drástica é uma resposta à recente integração do chatbot ChatGPT na assistente digital Siri, anunciada pela Apple durante a WWDC 2024.

🍎 Musk, cofundador da OpenAI que posteriormente se desvinculou da empresa, alega que essa integração representa uma "violação de segurança inaceitável". Segundo ele, a medida compromete a confidencialidade das informações em suas empresas, como Tesla e SpaceX, que lidam com dados sensíveis.

"Caso a Apple integre OpenAI no nível do sistema operacional, os dispositivos Apple serão banidos em minhas empresas. Isso é uma violação de segurança inaceitável", disse Musk na plataforma X (antigo Twitter).

Leia também: De Elon Musk a ChatGPT: evento da Apple movimentou mundo da tecnologia

A decisão de Musk de banir dispositivos da Apple em suas empresas acirra ainda mais a batalha no mercado de inteligência artificial e coloca em xeque a segurança e a privacidade de dados. A medida revela as complexas relações e as motivações por trás dessa disputa tecnológica.

📷 Embora a disputa entre Musk e Apple tenha tomado conta das manchetes, a WWDC 2024 também apresentou outras novidades. A Apple revelou novas funcionalidades para o iOS 18, incluindo recursos aprimorados de inteligência artificial para facilitar o dia a dia dos usuários. 

O macOS 15 também recebeu avanços significativos, com foco em produtividade e otimização de tarefas. Já o watchOS 11 e o iPadOS 18 trazem melhorias na interface e em recursos específicos, buscando aprimorar a experiência do usuário em cada plataforma.

Além disso, a Apple demonstrou confiança no futuro da realidade mista com outras duas novidades: a expansão global do Vision Pro e o lançamento do Vision OS 2. O Vision Pro, óculos inteligente lançado no início do ano por um preço inicial de US$ 3.499 (cerca de R$ 18.735), agora estará disponível para consumidores em mais países da Europa e da Ásia. 

AAPL34

Apple
Cotação

R$ 63,03

Variação (12M)

39,33 % Logo Apple

Margem Líquida

26,31 %

DY

0.26%

P/L

34,42

P/VP

46,58