Petrobras (PETR4): Lula fala em "choradeira do mercado"

O presidente disse que a companhia não deve pensar só nos acionistas, mas em todos os brasileiros

Author
Publicado em 11/03/2024 às 17:46h - Atualizado 4 meses atrás Publicado em 11/03/2024 às 17:46h Atualizado 4 meses atrás por Marina Barbosa
Lula em entrevista para o SBT (Ricardo Stuckert/Presidência da República)
Lula em entrevista para o SBT (Ricardo Stuckert/Presidência da República)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta segunda-feira (11) que a Petrobras (PETR4) deve pensar em todos os brasileiros e não apenas nos seus acionistas. Ele criticou, então, a "choradeira do mercado" diante do não pagamento de dividendos extraordinários pela companhia.

🗣️ "Tem que pensar o investimento e em 200 milhões de brasileiros que são donos ou sócios dessa empresa. O que não é correto é a Petrobras, que tinha que distribuir R$ 45 bilhões de dividendos, querer distribuir R$ 80 bilhões. E R$ 40 bilhões a mais que poderiam ter sido colocados para investimento, fazer mais pesquisa, mais navio, mais sonda... Não foi feito", disse Lula, em entrevista ao SBT.

O presidente ainda fez críticas ao mercado financeiro durante a entrevista, classificando o mercado como um "rinoceronte, um dinossauro voraz que quer tudo para ele e nada para o povo". "Se eu for atender apenas à choradeira do mercado, você não faz nada", afirmou.

Dividendos

📉 A declaração de Lula ocorre na esteira da decisão da Petrobras de não distribuir dividendos extraordinários com base nos resultados de 2023. A decisão derrubou as ações da Petrobras em mais de 10% na sexta-feira (8) e fez a estatal perder R$ 55,3 bilhões em valor de mercado em apenas um dia.

Depois do baque de sexta-feira (8), os papeis até ensaiaram uma recuperação no início desta segunda-feira (11), diante da possibilidade de que a Petrobras voltasse atrás dessa decisão. Contudo, voltaram a cair depois da declaração de Lula. Às 17h30, as ações preferenciais da Petrobras recuavam 1,30% e as ordinárias, -1,92%.

A Petrobras registrou um lucro líquido de R$ 124,6 bilhões em 2023, o segundo maior da sua história. Com isso, teve um lucro remanescente de R$ 43,9 bilhões. O valor, no entanto, não foi distribuído em forma de proventos aos acionistas, como esperava o mercado, mas retido nas reservas da companhia. Ao todo, a Petrobras distribui R$ 72,4 bilhões em dividendos no ano.

Leia também: Petrobras (PETR4) teve o 2º maior lucro do setor de petróleo em 2023

Reunião com Prates

Lula se reúne com o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, nesta segunda-feira (11). Antes de chegar ao Palácio do Planalto, Prates disse, em entrevista à TV Globo, que Lula não havia dado nenhuma ordem direta sobre a decisão dos dividendos extraordinários.

Prates disse ainda que a companhia ainda pode distribuir os recursos que foram retidos aos acionistas. Segundo ele, isso será discutido pela diretoria, com a participação do governo federal enquanto acionista majoritário.

PETR4

Petrobrás
Cotação

R$ 38,15

Variação (12M)

55,41 % Logo Petrobrás

Margem Líquida

22,45 %

DY

16.61%

P/L

4,52

P/VP

1,22