Funcionários da CVM entram em paralisação; entenda

Caso não haja sinalização do governo, os servidores irão votar sobre a possibilidade de uma greve no dia 30 de abril.

Author
Publicado em 17/04/2024 às 17:18h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 17/04/2024 às 17:18h Atualizado 1 mês atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)
(Shutterstock)

Os servidores da CVM (Comissão de Valores Imobiliários) decidiram realizar uma paralisação nesta quarta-feira (17). 

📋 A decisão vem em protesto à ausência de uma resposta do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos sobre a demanda dos técnicos. 

Em setembro de 2023, os servidores apresentaram suas demandas e não receberam resposta, mesmo com o progresso de outras negociações dentro do âmbito do Executivo.

Leia também:  Cade aprova compra do Playcenter pela Cacau Show

📝 Segundo o sindicato, isso indica a possibilidade de surgirem novas disparidades salariais entre as diferentes carreiras do Estado, segundo o SindCVM (Sindicato Nacional dos Servidores da CVM).

“A insatisfação também é relativa à proposta apresentada na negociação geral, de reajuste zero e atualização dos benefícios em valores bem abaixo do pleiteado na pauta conjunta. As carreiras da CVM foram as únicas, até o momento, a deliberar pelo não aceite do termo de compromisso”. 

🚦 Caso o governo não forneça um posicionamento, as carreiras irão realizar uma nova paralisação em 24 de abril e votar sobre a possibilidade de uma greve em 30 de abril.