3R Petroleum (RRRP3) convoca assembleia para mudar Conselho de Administração

Convocação atende a pedido da Maha Energy, que quer reduzir o número de membros e alterar a composição do Conselho

Author
Publicado em 16/02/2024 às 15:54h - Atualizado 2 meses atrás Publicado em 16/02/2024 às 15:54h Atualizado 2 meses atrás por Marina Barbosa
(Shutterstock)

A 3R Petroleum (RRRP3) convocou uma assembleia de acionistas para eleger novos membros para o seu Conselho de Administração. A destituição dos membros atuais foi proposta pela Maha Energy, acionista da companhia que também já propôs recentemente a fusão da 3R Petroleum com a PetroReconcavo (RECV3).

🗓️ A assembleia geral extraordinária que decidirá a próxima composição do Conselho de Administração da 3R Petroleum vai acontecer no dia 20 de março. A petroleira disse que a conjuntura é oportuna para deliberar sobre o assunto já que o mandato dos atuais membros do Conselho se encerraria na próxima assembleia geral ordinária da companhia, marcada para 25 de abril.

Leia também: Vale (VALE3): Comando segue indefinido após nova reunião do Conselho

Além da destituição dos membros atuais e da eleição de novos conselheiros, a Maha Energy propôs a redução do número de membros do Conselho de Administração da 3R Petroleum de 7 para 5. A companhia sueca propôs, então, a eleição dos seguintes nomes para o board:

  • Guilherme Affonso Ferreira;
  • Paula Kovarsky Rotta;
  • Harley Lorentz Scardoelli;
  • Paulo Thiago Mendonça;
  • Fabio Vasse.

Os três primeiros nomes propostos pela Maha Energy já integram o Conselho de Administração da 3R Petroleum. A companhia, no entanto, deixou de fora da proposta outros quatro membros do board, inclusive o atual presidente, Roberto Castello Branco, que também já comandou a Petrobras (PETR4).

Sobre os nomes indicados pela Maha Energy, a 3R Petroleum disse que a reeleição de Guilherme Ferreira, Paula Rotta e Harley Scardoelli "se justificatanto pela experiência na administração da Companhia quanto para evitar soluções de continuidade". Além disso, afirmou que a entrada de novos membros no Conselho seria benéfica "ao desempenho do órgão, trazendo visões complementares que agreguem qualidade ao processo decisório".

Os membros que forem eleitos na assembleia de acionistas terão um mandato unificado de dois anos. Os demais acionistas da 3Petroleum podem indicar outros candidatos para o Conselho.

Fusão

⛽ Petroleira listada na Bolsa de Estocolmo, a Maha Energy passou a deter 5% do capital social da 3R Petroleum em janeiro de 2024. Na ocasião, a sueca disse que não visava alterar a estrutura de controle, mas iria propor uma reorganização societária da companhia.

A proposta da Maha Energy foi uma combinação de negócios com a PetroReconcavo e a segregação dos ativos onshore e offshore da companhia, com vistas à redução de custos e ganhos de eficiência. Em 1º de fevereiro, a 3R Petroleum contratou o Banco Itaú (ITUB4), como assessor financeiro, para avaliar a transação.