Se você é o tipo de investidor que não se importa muito com os riscos quando o assunto é a conquista de maior rentabilidade, esse conteúdo é para você, aqui listamos os tipos principais investimentos de alto risco disponíveis no mercado.

Vale destacar, que todas as opções em investimentos listadas abaixo, são indicadas para investidores com perfil moderado ou arrojado que já possuam uma reserva de emergências estabelecida em ativos de renda fixa.

Quanto maior o risco, maior a possibilidade de retorno, não é mesmo? Então, não deixe de conferir a lista de investimentos de alto risco que preparamos para você!

1.Ações

Investimentos de alto risco: Ações
Investimentos de alto risco: Ações – Foto: Freepik

Como todo ativo da renda variável, as ações possuem riscos, afinal da mesma forma que o investidor pode montar uma excelente carteira e obter retornos significativos também é possível perder dinheiro.

No mercado de ações, os papéis das empresas podem oscilar para cima ou para baixo de acordo com diversos fatores, como por exemplo os resultados trimestrais apresentados pela empresa e as condições de mercado, principalmente aquelas condições que estão diretamente relacionadas aos negócios das empresas.

Devido aos seus riscos, o investimento em ações costuma oferecer rentabilidade superior à da renda fixa, atraindo muitos investidores. Mas, a boa notícia para o investidor é a existência de indicadores que podem tornar as decisões na Bolsa de Valores mais assertivas, minimizando os seus riscos.

Estamos falando dos indicadores fundamentalistas, os mesmos indicadores utilizados por Warren Buffett e outros investidores de sucesso!

Aqui no Investidor 10, você tem acesso gratuito a uma série de indicadores fundamentalistas, clique aqui e confira!

2.Operações Day Trade

Investimentos de alto risco
Investimentos de alto risco: Day Trade – Foto: Freepik

As operações de Day Trade não poderiam ficar de fora da nossa lista de investimentos de alto risco e por isso são executadas apenas por traders e profissionais com larga experiência no mercado de ações.

A ideia dos investidores que apostam nesse tipo de investimento é obter retorno financeiro aproveitando as pequenas oscilações diárias das ações na Bolsa de Valores. Para isso, eles ficam atentos às informações do mercado e também a indicadores de análise técnica, que são aqueles que visam prever as altas e quedas de um ativo, com base no seu histórico de oscilações.

Para obter retorno, um trader (pessoa que investe no Day Trade) precisa comprar ações em momentos de baixa e vender no mesmo dia, assim que o preço das ações subirem.

Como as variações diárias costumam ser mínimas, o trader precisa fazer aportes significativos para obter bons retornos.

3.Contratos Futuros

Investimentos de alto risco
Investimentos de alto risco: Contratos Futuros – Foto: Freepik

Os contratos futuros são mais um dos investimentos de alto risco disponíveis no mercado.

Nos contratos futuros o investidor compra contratos com vencimento futuro de commodities como, petróleo, minérios, café, milho e outros grãos para venda ao fim do contrato.

A ideia investimento em contratos futuros é simples, lucrar com uma possível valorização dos commodities ao fim do contrato. No entanto, não existe garantia da valorização e os commodities podem até mesmo desvalorizar, deixando o investidor no prejuízo.

4.Certificado de Operações Estruturadas (COE)

Investimentos de alto risco
Investimentos de alto risco: Certificados de Operações Estruturadas – Foto: Freepik

O Certificado de operações estruturadas – COE, é um tipo de investimento que possui como principal característica, a diversificação. Isso porque, esse tipo de aplicação financeira reúne uma série de ativos distintos em um único certificado dentre eles, opções da renda fixa, renda variável a até mesmo internacionais.

Os certificados de operações estruturadas são relativamente novos no Brasil, sendo considerado mais uma opção dentre os investimentos de alto risco, afinal apesar da diversificação, ainda assim existe o risco do retorno negativo.

5.Ofertas Públicas de Ações – IPO

Investimentos de alto risco
Investimentos de alto risco: IPO – Foto: Freepik

Uma oferta pública de ações, também conhecida como IPO, é realizada sempre que uma empresa decide abrir o seu capital na Bolsa de Valores, com o objetivo de captar investidores e recursos para a expansão dos seus negócios.

Para as empresas, o IPO sem dúvidas é um excelente negócio, já para o investidor nem sempre. Isso porque, em meio a um IPO, as incertezas quanto ao futuro das ações ainda são significativos. 

Um dos principais riscos para o investidor que aplica recursos em operações de IPO, reside na possibilidade da empresa não se valorizar e decolar na Bolsa de Valores, oferecendo assim um retorno abaixo do esperado ao investidor.

Vale destacar, que o preço das ações negociadas em um IPO são pré-fixados, logo, ainda não se pode conhecer o desempenho histórico da empresa na Bolsa de Valores, o que por si só representa um grande risco.

6.BDRs

Investimentos de alto risco
Investimentos de alto risco: BDRs – Foto: Freepik

BDRs – Brazilian Depositary Receipts, são títulos representativos de ações emitidas e negociadas no mercado internacional. 

O investidor que aplica recursos em BDRs, pode comprar mesmo que indiretamente ações de gigantes mundiais não negociadas na Bolsa de Valores brasileira, como é o caso de empresas como o Facebook, o Google, a Amazon, a Microsoft e a Apple, sem que para isso precise realizar remessas internacionais e abrir conta em uma corretora de valores de outro país.

A princípio, investir em empresas desse nível pode parecer um excelente negócio. No entanto, é preciso destacar que quem investe em BDRs está sujeito a dois riscos significativos, o primeiro deles está atrelado a oscilação normal das ações em seus respectivos mercados e a segundo a variação cambial.

Quem investe em BDRs, deve saber e não pode desconsiderar que as valorizações cambiais podem influenciar significativamente nos seus resultados.

7.Câmbio

Investimentos de alto risco
Investimentos de alto risco: Câmbio: Foto – Freepik

A aplicação em opções de câmbio é aquela em que o investidor compra de títulos em outras moedas como dólar e euro, com o objetivo de obter retorno com a valorização dessas moedas frente ao real. 

Nesse tipo de aplicação, quando as moedas internacionais se valorizam em relação ao real, o investidor lucra, no entanto, quando acontece o contrário e o real se valoriza o investidor acaba perdendo dinheiro.

8.Criptomoedas

Investimentos de alto risco
Investimentos de alto risco: Criptomoedas – Foto: Freepik

Quando o assunto são os investimentos de alto risco, não poderíamos deixar de fora as criptomoedas ou moedas virtuais, sendo a principal delas o Bitcoin.

As criptomoedas nada mais são do que uma moeda de troca, ou seja um dinheiro virtual totalmente descentralizado e independente da regulação e controle por parte de órgãos e entidades financeiras.

Quem investe em bitcoins, busca rentabilidade de forma muito semelhante a quem investe em câmbio, ou seja, com base na valorização da moeda.

9.Investimento anjo

Investimentos de alto risco
Investimentos de alto risco: Investimento Anjo – Foto: Freepik

Diferentemente das demais opções citadas até aqui o investimento anjo é aquele em que o investidor aloca recursos significativos em uma startup, visando impulsionar os seus negócios com o interesse de obter retorno futuro em virtude do seu crescimento.

São consideradas startups empresas que surgem no mercado com uma ideia inovadora e capaz de oferecer excelentes retornos em curto espaço de tempo, por meio de um crescimento escalável.

No entanto, o grande risco desse tipo de investimento está na possibilidade da startup não alcançar o sucesso e os resultados esperados deixando o investidor anjo em um grande prejuízo.

Dentre as startups mais conhecidas da atualidade e que deram certo, temos o Nubank, o Airbnb, o app de transporte 99 e algumas outras.

Principais vantagens e desvantagens dos investimentos de alto risco

Investimentos de alto risco
Investimentos de alto risco – Vantagens e desvantagens – Foto: Freepik

Agora que você já conhece os principais investimentos de alto risco disponíveis no mercado, é hora de conferir as suas principais vantagens e desvantagens.

Principais vantagens dos investimentos de alto risco

Em relação às vantagens oferecidas pelos investimentos de alto risco, podemos citar ao menos duas delas, confira logo abaixo:

Possibilidade de ganhos acima da média: A possibilidade de obter ganhos acima da média é sem dúvidas o principal atrativo para os investidores que alocam recursos em ativos de alto risco.

Diversificação da carteira de investimentos: Investidores que apostam no alto risco, costumam citar a diversificação da carteira, como um das vantagens e atrativos deste tipo de investimento. Em geral, carteiras diversificadas são capazes de oferecer retornos maiores.

Principais desvantagens dos investimentos de alto risco

Por outro lado, temos as desvantagens do investimento de alto risco, dentre as quais podemos citar as seguintes:

Risco de perdas significativas atrelada ao alto grau de risco: Devido ao alto grau de risco e volatilidade de alguns ativos, é possível não somente obter rendimentos acima da média, como também perdas significativas.

Falta de garantia e cobertura do FGC – Fundo Garantidor de Crédito: Investimentos de alto risco não contam com garantias presentes em ativos de baixo risco, como por exemplo, a cobertura do FGC – Fundo Garantidor de Crédito.

Influência de fatores de mercado: Ao contrário dos investimentos de baixo risco, as opções do alto risco estão mais suscetíveis a influência de fatores externos, como guerras, crises políticas e disputas de mercado entre países e governos.

Riscos relacionadas a desvalorização cambial no caso de ativos internacionais: Por fim, temos os riscos relacionados a desvalorização cambial da moeda, presente em boa parte dos investimentos de alto risco.

Considerações finais sobre investimentos de alto risco

Como podemos observar ao longo deste conteúdo, o mercado financeiro oferece aos investidores diversas opções entre investimentos de alto risco.

Dentre as principais características e atrativos dos tipos de investimentos citados anteriormente, temos a possibilidade de ganhos acima da média do mercado, ou seja, a chamada alta rentabilidade.

Por outro lado, essas opções são naturalmente mais arriscadas e podem gerar perdas significativas para os investidores. Sendo por isso, mais indicadas para investidores experientes, arrojados e que já possuam uma significativa solidez financeira.

Antes de sair, não deixe de enviar o seu comentário e seguir o Investidor 10 nas redes sociais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui