Vale (VALE3): STJ ajusta indenização por morte em Brumadinho

A Justiça havia fixado indenização da Vale por Brumadinho no valor de R$ 800 mil para cada.

Author
Publicado em 17/04/2024 às 15:59h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 17/04/2024 às 15:59h Atualizado 1 mês atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)
(Shutterstock)

O STJ (Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça) definiu em R$ 150 mil a indenização por danos morais a ser paga pela Vale (VALE3) a cada um dos irmãos de uma das vítimas fatais do rompimento da barragem Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), em 2019. 

💲 Na primeira instância, a Justiça havia fixado indenização da Vale por Brumadinho no valor de R$ 800 mil para cada. No entanto, a decisão ajustou a quantia e levou em conta as indenizações definidas pelo próprio STF em casos semelhantes. 

Leia também: Biomm (BIOM3) fecha acordo com Biocon e ações disparam mais de 20%

Dois irmãos de uma das vítimas entraram com uma ação judicial, resultando na determinação de uma indenização de R$ 800 mil para cada um pelo juiz de primeira instância. Essa decisão foi confirmada pelo TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais).

📋 O TJMG considerou o valor apropriado para assegurar a compensação aos familiares e para desencorajar futuras práticas similares por parte da mineradora. No entanto, a Vale recorreu a decisão

VALE3

Vale
Cotação

R$ 65,08

Variação (12M)

4,17 % Logo Vale

Margem Líquida

18,78 %

DY

10.74%

P/L

7,63

P/VP

1,58