Telefônica (VIVT3) conclui redução de capital e vai restituir acionistas

Companhia reduziu o seu capital em R$ 1,5 bilhão e vai devolver esse valor aos seus acionistas. Veja quem terá direito.

Author
Publicado em 04/04/2024 às 19:18h - Atualizado 2 meses atrás Publicado em 04/04/2024 às 19:18h Atualizado 2 meses atrás por Marina Barbosa
(Shutterstock)
(Shutterstock)

A Telefônica Brasil (VIVT3) concluiu nesta quinta-feira (4) a redução de capital de R$ 1,5 bilhão aprovada em janeiro. Com isso, confirmou a restituição aos acionistas, no valor de R$ 0,90 por ação ordinária de emissão da companhia.

📞 A redução de capital foi proposta pela dona da Vivo em novembro de 2023 e aprovada pelos seus acionistas em assembleia realizada em janeiro de 2024. Contudo, ainda poderia ser contestada pelos credores da companhia.

Nesta quinta-feira (4), a Telefônica informou que o prazo para oposição dos credores acabou e que, "tendo sido cumpridos todos os requisitos legais aplicáveis, a referida redução tornou-se plenamente eficaz".

Leia também: Petrobras (PETR4) nega decisão sobre dividendos extraordinários

Restituição aos acionistas

💰 Com isso, a Telefônica também afirmou que seguirá com a restituição aos acionistas, no valor de R$ 0,90766944153 por ação. A ideia é que o R$ 1,5 bilhão reduzido do capital social da empresa seja devolvido aos acionistas.

Terão direito à restituição os acionistas registrados ao final do dia 10 de abril, isto é, na próxima quarta-feira. Após esta data, as ações da companhia serão consideradas ex-direitos da restituição.

Já o pagamento será realizado no dia 10 de julho, em parcela única. A Telefônica destacou, contudo, que o valor por ação da restituição ainda pode sofrer alterações em razão do seu programa de recompra de ações.

VIVT3

VIVO - TELEFÔNICA BRASIL
Cotação

R$ 44,18

Variação (12M)

7,19 % Logo VIVO - TELEFÔNICA BRASIL

Margem Líquida

9,62 %

DY

3.48%

P/L

14,34

P/VP

1,06