Prejuízo da CVC (CVCB3) recua 73% no primeiro trimestre

Agência de turismo conseguiu acelerar Ebitda em cinco vezes

Author
Publicado em 09/05/2024 às 22:26h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 09/05/2024 às 22:26h Atualizado 1 mês atrás por Wesley Santana
Recentemente, a CVC passou por um rebrading. Foto: Divulgação
Recentemente, a CVC passou por um rebrading. Foto: Divulgação

Embora tenha tido um primeiro trimestre mais positivo, a CVC (CVCB3) ainda luta para auferir lucro líquido, conforme informações do balanço trimestral divulgado nesta quinta-feira (9).

Entre janeiro e março deste ano, a companhia de turismo viu um recuo de 73,1% no prejuízo líquido, para R$ 34,4 milhões, em comparação ao mesmo período do ano passado. A CVC também conseguiu diminuir as despesas gerais e administrativas em mais de 20%, encerrando o trimestre em R$ 171,9 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou fortemente em cerca de 500%, para R$ 83 milhões. A receita líquida atingiu R$ 353,3 milhões, número que representa uma alta de 19,6% na etapa anual.

A empresa destacou que os atendimentos feitos ao consumidor final representaram 43,5% das vendas totais, crescimento de quase 10% ante 1T23. Ao todo, são 1.084 unidades no Brasil e na Argentina, sendo que houve a abertura de 36 e o fechamento de outras 6 nos três primeiros meses do ano.

"Seguimos confiantes nos fundamentos da economia brasileira, junto com a solidez do nosso modelo de negócios e comprometidos com a rentabilidade dos nossos acionistas, fortalecimento dos laços com nossos franqueados e parceiros, promovendo o fomento do setor de turismo", disse a empresa no documento.

CVCB3

CVC
Cotação

R$ 2,01

Variação (12M)

-55,33 % Logo CVC

Margem Líquida

-24,37 %

DY

0%

P/L

-2,91

P/VP

1,83