Itaúsa (ITSA4) pagará R$ 3,1 bi em dividendos; veja como funciona

Ainda, para o dia 8 março serão pagos mais R$ 2,5 bilhões em JCP

Author
Publicado em 22/02/2024 às 12:05h - Atualizado 2 meses atrás Publicado em 22/02/2024 às 12:05h Atualizado 2 meses atrás por Jennifer Neves
Foto - Shutterstock

💸 A Itaúsa (ITSA4) pagará, aos acionistas registrados até o pregão desta quinta-feira (22), dividendos no valor de R$ 3,1 bilhões aos investidores, sendo R$ 0,3005 por ação.

O Conselho de Administração da empresa ajustou para o próximo dia 8 de março o pagamento dos benefícios aos acionistas com registro até o fechamento de mercado desta quinta-feira.

Para a mesma data, ficou negociado o depósito de mais R$ 2,5 bilhões em JCP (Juros sobre Capital Próprio) de R$ 0,2989 por ação. No entanto, esses pagamentos possuem datas diferentes, sendo que parte já foi efetivada em 2023. Dessa maneira, o valor total pago pela Itaúsa pelos dividendos e JCPs será de R$ 5,6 bilhões.

Veja também: Nvidia (NVDC34): Lucro dispara 769% no 4º tri, para US$ 12,285 bilhões

Os papéis sem direito aos proventos voltam a ser negociados na próxima sexta-feira (23).

De acordo com comunicado da empresa ao mercado, os R$ 5,6 bilhões somados aos dividendos de 2023, totalizam R$ 8 bilhões, que representa o dividend yield de 8,1% da companhia.

Os dividendos são isentos de Imposto de Renda, enquanto os JCP têm tributação de 15% na fonte.

ITSA4

ITAUSA
Cotação

R$ 9,59

Variação (12M)

27,43 % Logo ITAUSA

Margem Líquida

182,39 %

DY

9.22%

P/L

7,36

P/VP

1,19