Grupo Globo fecha contrato de R$ 6 bilhões para transmissão de futebol

Negócio foi firmado entre grupo de comunicação e Libra, entidade subsidiária do BTG Pactual

Author
Publicado em 09/03/2024 às 11:00h - Atualizado 4 meses atrás Publicado em 09/03/2024 às 11:00h Atualizado 4 meses atrás por Wesley Santana
Dos principais times da Séria A, apenas Corinthians ficou fora do acordo. Foto: Shutterstock
Dos principais times da Séria A, apenas Corinthians ficou fora do acordo. Foto: Shutterstock

O Grupo Globo fechou um contrato de R$ 6 bilhões para a exibição exclusiva das principais partidas de futebol entre 2025 e 2029.

📺 O acordo prevê a transmissão dos jogos nas diferentes plataformas, como TV aberta, TV paga, streaming e pay-per-view.

Estão incluídos no pacote as disputas de clubes como Grêmio, Palmeiras, Santos, Flamengo e São Paulo. Embora o Corinthians também faça parte da Libra, a equipe paulista resolveu negociar seus direitos isoladamente.

📱 Leia também: Justiça condena TikTok a pagar R$ 500 para cada usuário brasileiro

A negociação foi feita entre a Globo e a Libra, entidade que é subsidiária do BTG Pactual e que representa os times envolvidos. A TV deve repassar cerca de R$ 1,3 bilhão por ano aos clubes e se refere às partidas em que eles são os mandantes. 

Segundo comunicado da Libra, os valores serão pagos seguindo três critérios: 40% de forma igualitária, 30% por performance e 30% por audiência.

Presidentes comemoram

⚽ Os presidentes das equipes de futebol envolvidas na transação comemoraram o acordo com a Globo.

Leila Pereira, presidente do Palmeiras, disse que os torcedores terão a melhor experiência dos jogos. "O futebol brasileiro vive um momento de transformação, em que precisamos, cada vez mais, de parcerias estratégicas que agreguem credibilidade e valorizem as marcas dos clubes”.

Julio Casares, presidente do São Paulo, destacou que este é um momento de celebrar uma parceria duradoura. "A Globo é uma empresa que é referência mundial na cobertura e transmissão de eventos esportivos. Esse contrato mostra também o eficiente trabalho da LiBRA e o reposicionamento dos clubes no mercado”.