Google proibirá publicidade política para as eleições municipais 2024

A medida entra em vigor em maio.

Author
Publicado em 24/04/2024 às 15:31h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 24/04/2024 às 15:31h Atualizado 1 mês atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)
(Shutterstock)

O Google, da Alphabet (GOGL34), anunciou nesta quarta-feira (24) que irá proibir a veiculação de anúncios políticos para as eleições municipais deste ano em suas plataformas. A medida entra em vigor em maio. 

📋 A mudança será feita nas regras de conteúdo político do Google Ads, ferramenta utilizada para impulsionar conteúdos em serviços da empresa. 

A decisão chega após à nova resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sobre publicidade de candidatos e partidos, considerada muito abrangente pela companhia de tecnologia.

Leia também:  Biden sanciona lei que pode banir TikTok nos EUA e empresa reage, veja

Aprovada no final de fevereiro, a resolução do TSE, prevê, entre outas medidas, a obrigatoriedade da existência de bibliotecas de anúncios de conteúdo político eleitoral pelas plataformas. Segundo o órgão, a medida é permanente, inclusive em anos não eleitorais. 

📝 "Para as eleições brasileiras deste ano, vamos atualizar nossa política de conteúdo político do Google Ads para não mais permitir a veiculação de anúncios políticos no país. Essa atualização acontecerá em maio tendo em vista a entrada em vigor das resoluções eleitorais para 2024", disse a Google em nota. 

Vale lembrar que em 2022 a Google incluiu o Brasil entre os países que possuíam relatórios de transparência sobre anúncios políticos nas suas plataformas.