Allos (ALOS3) vai emitir R$ 1 bilhão em debêntures com vencimento até 2030

Pedido protocolado no RJ prevê ampliação da emissão em até 20%

Author
Publicado em 11/03/2024 às 13:35h - Atualizado 2 meses atrás Publicado em 11/03/2024 às 13:35h Atualizado 2 meses atrás por Wesley Santana
Certificado de Recebíveis imobiliários terão prazo de cinco anos. Foto: Shutterstock
Certificado de Recebíveis imobiliários terão prazo de cinco anos. Foto: Shutterstock

A incorporadora de shoppings Allos (ALOS3) protocolou, na última sexta-feira (8), um registro para a emissão de R$ 1 bilhão em debêntures.

⚖️ Segundo comunicado publicado pela companhia, essa oitava emissão será do modelo simples, não conversíveis em ações e em até três séries. O pedido foi protocolado na Junta Comercial do Rio de Janeiro.

As três séries de emissões tem vencimento previsto para cinco anos, sendo as duas primeira para 2029 e a terceira, para 2030. A Opea foi escolhida como securitizadora da transação que envolve ativos imobiliários.

🤑 Leia também: Confira as três empresas que pagam dividendos nesta semana

A empresa também destacou que os Certificados de Recebíveis Imobiliário (CRI) podem aumentar em até 20% -portanto, para R$ 1,2 bi- caso haja necessidade de uma emissão adicional.

O dinheiro, de acordo com Daniella de Souza Guanabara Santos, diretora de Relações com Investidores, será usado para financiamento de imóveis, reformas e expansão.

🛍️ A marca Allos surgiu no ano passado, depois de uma fusão entre Aliansce Sonae e BR Malls. Ao todo, a empresa tem gestão sobre mais de 11 mil lojistas em 62 empreendimentos diferentes, entre próprios e administrados.

No último balanço divulgado, a companhia reportou uma queda de 88% no lucro líquido trimestral, para R$ 23,6 milhões. O Ebitda ajustado ficou em R$ 281,6 milhões, acelerando 4,8% na base anual.

ALSO3

ALIANSCSONAE
Cotação

R$ 10,00

Variação (12M)

- Logo ALIANSCSONAE

Margem Líquida

172,55 %

DY

0%

P/L

1,79

P/VP

0.39