EQTL3 EQUATORIAL ENERGIA

Cotação
R$ 20,65 0,00%
VALORIZAÇÃO (12M)
-79,97%
P/L
6,38
P/VP
1,80
DY
1,52%
ROE
28,15%

INDICADORES FUNDAMENTALISTAS EQTL3

P/L
6,38
P/VP
1,80
DIVIDEND YIELD (DY)
1,52%
PAYOUT
0,00%
MARGEM LÍQUIDA
18,08%
MARGEM BRUTA
34,57%
MARGEM EBIT
27,08%
MARGEM EBITDA
31,40%
EV/EBITDA
5,48
EV/EBIT
6,35
P/EBITDA
3,67
P/EBIT
4,26
P/ATIVO
0,50
P/CAP.GIRO
3,56
P/ATIVO CIRC LIQ
-0,73
PSR
1,15
VPA
11,49
LPA
3,23
GIRO ATIVOS
0,43
ROE
28,15%
ROIC
13,46%
ROA
7,76%
DÍVIDA LÍQUIDA / PATRIMÔNIO
0,88
DÍVIDA LÍQUIDA / EBITDA
1,80
DÍVIDA LÍQUIDA / EBIT
2,09
DÍVIDA BRUTA / PATRIMÔNIO
1,49
PATRIMÔNIO / ATIVOS
0,28
PASSIVOS / ATIVOS
0,72
LIQUIDEZ CORRENTE
1,77
CAGR RECEITAS 5 ANOS
20,44%
CAGR LUCROS 5 ANOS
32,23%

COTAÇÃO EQTL3

EQUATORIAL ENERGIA

(Avaliações dos usuários)

03.220.438/0001-73

Ano de fundação da empresa
1999
Ano de estréia na bolsa
2006
Número de Funcionários
54

SOBRE EQUATORIAL ENERGIA - EQTL3

A Equatorial Energia S.A. é uma holding do setor elétrico brasileiro, com sede em Brasília e que atua nos segmentos de distribuição, transmissão, geração, comercialização e também na área de serviços.

Dessa forma, no segmento de distribuição, a Companhia atua através da Equatorial Maranhão, Equatorial Maranhão Pará, Equatorial Piauí e Equatorial Alagoas. Já no segmento de transmissão, a Equatorial Energia possui 8 projetos em estado pré-operacional e a Intesa (uma linha operacional que cruza os Estados de Tocantis e Goiás).

Além disso, o setor de geração é feito através da Termoelétrica Geramar, o setor de comercialização através da Sol Energias e por fim, o setor de serviços é feito pela 55 Soluções.

Confira abaixo a história da Equatorial Energia

1999 / 2000 – Brisk Participações

A história da Equatorial Energia inicia-se em 16 de Junho de 1999, quando a companhia foi fundada com o nome de Brisk Participações S.A. para participar do leilão de privatização da CEMAR (Companhia Energética do Maranhão).

2004 – Surgimento da Equatorial Energia

Posteriormente, em 2004, houve o surgimento da Equatorial Energia, uma vez que a Equatorial Maranhão (antiga CEMAR) começou a apresentar problemas financeiros.

Dessa forma, a GP Investimentos Ltda. negociou com os principais credores da Equatorial Maranhão um plano de reestruturação da Companhia, que foi implementado em 30 de Abril de 2004, quando a GP Investimentos adquiriu controle.

2005 – Chegada da PCP ao capital

Em 2005, mais precisamente no segundo trimestre, a GP negociou investimentos para a companhia com a PCP Latin America Power Fund Ltd., um fundo de private equity.

2006 – IPO

Já em 30 de Março de 2006, foi a vez da companhia ser listada na B3 S.A. – Brasil. Assim sendo, o free float da empresa alcançou 56,8% do seu capital social total.

2007 – Plano de reestruturação

Em 5 de Novembro de 2007, a Companhia apresentou ao mercado um plano de reestruturação que continha 3 etapas. Dessa maneira, a primeira etapa consistia na transferência ao PCP Latin America Power Fund da totalidade das ações detidas pela GP Investimentos na Equatorial Energia Holdings LLC. Essa concentração eliminou as restrições geográficas na estratégia de crescimento da Companhia.

2008 – Incorporação da Participação na Light

Em 2008, na segunda etapa do plano de reestruturação, foi incorporada, pela Companhia, a PCP Energia Participações S.A., aprovada em Assembléia Extraordinária realizada em 12 de Fevereiro de 2008.

Nesse sentido, com a incorporação, a Companhia passou a deter a participação indireta de 13% na Light S.A.

2012 – Compra da Equatorial Pará

Posteriormente, em 2012, a Companhia assinou com os controladores da Equatorial Pará um contrato de compra e venda. Assim sendo, a aquisição foi consumida em 01 de Novembro de 2012.

Além disso, ainda em dezembro de 2012, a Equatorial concluiu sua operação de aumento de capital (follow on). Com isso, suas novas ações precificadas em R$16,00 cada geraram R$1,1 bilhão de recursos líquidos.

2015 – 100% das ações em circulação

No 1º semestre de 2015, as ações em circulação da Companhia passaram a ser de 100%, após duas operações no mercado acionário. Além disso, a Squadra Investimentos passou a ser a maior acionista, com cerca de 15% do capital.

2016 / 2017 – Ingresso no segmento de transmissão

Em Outubro de 2016 e Abril de 2017, a Companhia ingressou no segmento de transmissão após vencer uma disputa em um leilão realizado pela ANEEL de 8 lotes, cerca de 2,5 mil quilômetros de linhas de transmissão que irão cobrir os estados do Pará, Piauí, Bahia e Minas Gerais.

Já em Agosto de 2017, a Companhia adquiriu 51% do capital da Intesa (Integração Transmissora de Energia S.A.).

2018 – Investimento na Equatorial Alagoas e Piauí

Por fim, no ano de 2018, a Companhia também passou a controlar a Equatorial Piauí, aumentando seu capital em cerca de R$721 milhões. Além disso, a Equatorial energia adquiriu os 49% restantes, via leilão, da Intesa e também investiu cerca de R$546 milhões na Equatorial Alagoas.

PONTOS RELEVANTES

  • Eficiência na alocação de capital
  • Solidez financeira
  • Excelência operacional
  • Cultura e modelo de gestão voltados para resultados
Isso não é uma recomendação de compra/venda.

SOBRE EQUATORIAL ENERGIA - EQTL3

VALOR DE MERCADO
R$ 20,87 Bilhões
R$ 20.867.053.905
VALOR DE FIRMA
R$ 31,09 Bilhões
R$ 31.094.810.905
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ 11,61 Bilhões
R$ 11.611.230.000
Nº TOTAL DE PAPEIS
1,01 Bilhão
R$ 1.010.511.085
ATIVOS
R$ 42,14 Bilhões
R$ 42.136.010.000
ATIVO CIRCULANTE
R$ 13,54 Bilhões
R$ 13.537.810.000
DÍVIDA BRUTA
R$ 17,25 Bilhões
R$ 17.245.730.000
DÍVIDA LÍQUIDA
R$ 10,23 Bilhões
R$ 10.227.757.000
DISPONIBILIDADE
R$ 7,02 Bilhões
R$ 7.017.973.000
SEGMENTO DE LISTAGEM
Novo Mercado
FREE FLOAT
99,98%
TAG ALONG
100,00%

COMPARADOR DE AÇÕES

P/L P/VP ROE DY Valor de
Mercado
Margem
Líquida
EQTL3 6,38 1,80 28,15% 1,52% R$ 20,87 B 18,08%
ELET3 6,00 0,64 10,63% 4,90% R$ 49,97 B 24,74%
EGIE3 14,78 4,93 33,36% 5,51% R$ 35,24 B 21,13%
CPFE3 9,71 2,34 24,12% 5,96% R$ 34,69 B 12,06%
REDE3 23,71 4,18 17,62% 0,88% R$ 22,33 B 8,76%
NEOE3 8,60 1,02 11,88% 2,31% R$ 21,65 B 8,70%
CMIG4 8,91 1,05 11,73% 5,14% R$ 18,87 B 8,20%
ENEV3 27,22 2,57 9,43% 0,00% R$ 18,68 B 21,92%
TIET11 20,43 4,56 22,31% 7,60% R$ 18,67 B 15,17%
ENGI11 9,20 2,12 23,00% 1,29% R$ 18,52 B 9,10%
TRPL4 7,55 1,27 16,87% 4,10% R$ 17,55 B 53,94%
CPLE6 4,71 0,90 19,13% 3,57% R$ 17,38 B 18,11%
CEEB3 13,86 2,65 19,13% 2,62% R$ 17,26 B 10,33%
TAEE11 6,92 1,93 27,94% 11,44% R$ 11,15 B 57,25%
ENBR3 7,73 1,01 13,05% 3,35% R$ 11,14 B 9,74%
CPRE3 18,66 1,86 9,94% 0,00% R$ 10,82 B 29,47%
ELPL3 20,00 2,88 14,39% 0,00% R$ 9,74 B 3,27%
CESP6 6,24 1,28 20,57% 6,59% R$ 9,73 B 79,28%
ENMA3B 12,60 2,57 20,37% 0,61% R$ 8,39 B 17,17%
ALUP11 5,19 0,85 16,31% 1,36% R$ 7,42 B 26,86%
LIGT3 -64,67 1,03 -1,59% 0,00% R$ 7,01 B -0,90%
EQPA3 10,07 1,88 18,71% 2,61% R$ 6,87 B 12,00%
OMGE3 -2.983,28 1.759,19 -58,97% 0,00% R$ 6,63 B -0,42%
ENMT4 11,28 2,49 22,05% 1,90% R$ 6,55 B 12,10%
EKTR3 10,54 1,83 17,35% 1,36% R$ 4,91 B 7,51%
EEEL3 11,64 1,67 14,38% 2,39% R$ 4,55 B 27,02%
GEPA4 17,39 2,37 13,64% 7,37% R$ 4,12 B 16,39%
COCE5 11,43 1,40 12,21% 3,85% R$ 3,72 B 6,80%
CBEE3 26,97 0,82 3,03% 2,25% R$ 2,95 B 1,81%
CSRN3 9,54 2,34 24,56% 1,82% R$ 2,84 B 11,81%
CEBR3 19,28 2,69 13,98% 1,45% R$ 2,68 B 2,73%
GPAR3 20,98 1,78 8,50% 0,00% R$ 2,10 B 43,58%
CLSC4 5,58 1,16 20,70% 3,82% R$ 1,94 B 4,27%
CEPE3 11,17 0,91 8,11% 0,00% R$ 1,63 B 2,24%
EMAE4 13,12 1,39 10,58% 1,94% R$ 1,27 B 25,53%
AFLT3 27,89 3,30 11,85% 8,47% R$ 616,97 M 59,01%
CEED3 -0,31 -0,09 28,67% 0,00% R$ 471,13 M -44,49%
RNEW4 -0,32 -0,11 34,21% 0,00% R$ 159,29 M -772,86%

Receitas e Lucros EQUATORIAL ENERGIA - EQTL3


Resultados EQUATORIAL ENERGIA - EQTL3

ATIVOS/PASSIVOS EQUATORIAL ENERGIA - EQTL3


BALANÇO PATRIMONIAL EQUATORIAL ENERGIA - EQTL3

Discussão

Olá, faça login ou cadastre-se para postar uma pergunta.

ou