Minerva (BEEF3) pode ampliar exportações para China

Companhia tem duas plantas na Colômbia, que acaba de um anunciar protocolo sanitário com a China

Author
Publicado em 25/09/2023 às 16:12h - Atualizado 6 meses atrás Publicado em 25/09/2023 às 16:12h Atualizado 6 meses atrás por Marina Barbosa
China é o maior mercado de carne bovina do mundo. Foto: Minerva/Divulgação

Principal mercado de carne do mundo, a China aprovou um protocolo sanitário que permitirá a compra de carne bovina da Colômbia. A medida pode beneficiar a companhia brasileira Minerva (BEEF3), que tem duas unidades produtivas em território colombiano.

A abertura do mercado chinês à exportação de carne bovina da Colômbia foi anunciada na sexta-feira (22/09), durante visita da ministra de Agricultura e Desenvolvimento Rural colombiana, Jhenifer Mojica, ao gigante asiático. Nesta segunda-feira (25/09), contudo, o acordo também foi assunto de um comunicado ao mercado da Minerva.

Segundo a companhia brasileira, restam “apenas os trâmites burocráticos para efetiva habilitação das unidades produtivas colombianas e autorização final para início das exportações”. A Minerva indicou, então, que pretende ampliar as exportações para a China ao término desse processo.

“A companhia possui duas plantas produtivas na Colômbia, Bucaramanga e Ciénaga de Oro que, uma vez habilitadas, somam-se a ativos no Brasil, na Argentina e no Uruguai, ampliando a exposição e maximizando a nossa capacidade de arbitragem para o mercado chinês”, afirmou a Minerva.

Hoje, a companhia já possui oito unidades produtivas com exposição para o mercado chinês -três no Brasil, quatro no Uruguai e uma na Argentina. Juntas, essas plantas têm uma capacidade de abate de aproximadamente 12 mil cabeças de gado por dia

“Com mais de 1,4 bilhão de habitantes, a China se destaca como o principal mercado de carne bovina no mundo. Em 2022, a China foi responsável pela importação de aproximadamente 3.502 mil toneladas de carne bovina”, lembrou a Minerva.