Marfrig (MRFG3): BofA eleva recomendação e papéis sobem nesta quarta (22)

Por volta das 16h35, as ações da Marfrig (MRFG3) operavam em alta de 6,29%, cotadas a R$ 8,96.

Author
Publicado em 22/11/2023 às 17:18h - Atualizado 5 meses atrás Publicado em 22/11/2023 às 17:18h Atualizado 5 meses atrás por Juliano Passaro
(Shutterstock)

O Bank of America (BofA) divulgou um relatório, nesta quarta-feira (22), sobre as ações de frigoríficos da bolsa de valores de São Paulo (B3). o BofA elevou a recomendação para as ações da Marfrig (MRFG3), alterando o status de neutro para compra.

Veja também: Governo amplia projeção de déficit para 2023, para R$ 177,4 bilhões

O banco também alterou, de forma significativa, a perspectiva para o preço de venda dos papéis, saindo de R$ 8,50 para R$ 13.

"Em nossa opinião, as ações [atualmente] não refletem a venda de aproximadamente 40% das operações de carne bovina da Marfrig em América do Sul para a Minerva, o que deverá gerar valor significativo", destacou o BofA em relatório.

As ações da Marfrig, por volta das 16h35 (horário de Brasília), operavam em alta de 6,29%, cotadas a R$ 8,96, na B3.

Por outro lado, a instituição financeira reiterou a perspectiva neutra para a Minerva, "dados os riscos associados ao negócio" e diminuiu o preço alvo para a ação, saindo de R$ 12 para R$ 9,30.

Marfrig teve prejuízo no terceiro trimestre

A Marfrig reportou prejuízo de R$ 112 milhões no terceiro trimestre de 2023. No mesmo período do ano passado, a empresa teve lucro de R$ 431 milhões.
A receita líquida da Marfrig caiu 2,1% no trimestre, saindo de R$ 36,417 bilhões no período encerrado em setembro de 2022 para R$ 35,650 bilhões no 3T23.
A companhia informou que a queda pode ser explicada pela performance na operação da América do Sul, que foi impactada pelo cenário internacional de preços e menor volume de vendas.