Justiça do Pará volta a suspender licença de mina da Vale (VALE3)

A mineradora deve recorrer a decisão, segundo a CVM.

Author
Publicado em 16/04/2024 às 09:31h - Atualizado 2 meses atrás Publicado em 16/04/2024 às 09:31h Atualizado 2 meses atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)
(Shutterstock)

A Justiça do Pará voltou a suspender o funcionamento da mina de Sossego da Vale (VALE3) na última segunda-feira (15). A mineradora ainda não foi oficialmente notificada mas, de acordo com o comunicado da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), deve recorrer a decisão.

⚖️ Em fevereiro de 2023, a Semas (Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Pará) havia suspendido a licença de operação da mina, alegando descumprimento de condicionantes ambientais. Na época, a mineradora recorreu com tutela provisória de urgência.

Leia também: Vale (VALE3) atinge meta de 100% de consumo de energia renovável no Brasil

Logo depois, em março, o Estado interpôs recursos de agravo de instrumento para o Tribunal de Justiça do Estado do Pará, conseguindo nesta segunda, a decisão que restabeleceu a suspensão do funcionamento da mina.

⚡ A decisão acontece um dia após a Vale informar que atingiu a meta de utilizar 100% de energia elétrica proveniente de fontes renováveis em suas operações no Brasil em 2023. A mineradora reforçou que tem como objetivo alcançar 100% do consumo em suas operações globais até 2030.

VALE3

Vale
Cotação

R$ 60,62

Variação (12M)

-7,62 % Logo Vale

Margem Líquida

18,78 %

DY

11.53%

P/L

7,11

P/VP

1,47