Enauta (ENAT3) propõe fusão com 3R Petroleum (RRRP3)

Segundo a Enauta, a união possibilitaria uma produção potencial superior a 100 mil barris de óleo equivalente.

Author
Publicado em 02/04/2024 às 09:34h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 02/04/2024 às 09:34h Atualizado 3 meses atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)
(Shutterstock)

A companhia petrolífera Enauta (ENAT3) propôs uma fusão à 3R Petroleum (RRRP3), segundo comunicado arquivado pela 3R na CVM (Comissão de Valores Mobiliários) divulgado na última segunda-feira (1º).

📋 Em carta anexada a esse comunicado, a Enauta descreve a proposta pela qual haveria troca de ações na qual a Enauta ficaria com 47% da empresa combinada, e os acionistas da 3R ficariam com 53%.

Segundo a Enauta, a união possibilitaria uma produção potencial superior a 100 mil barris de óleo equivalente "com oportunidade de crescimento composto nos próximos cinco anos, e reservas operadas superiores a 770 milhões de barris".

📃 A companhia acrescenta ainda a "alta diversificação" operacional, com a reunião de dezenas de campos, equilíbrio na distribuição de produção, com 87% de petróleo e 13% de gás natural, sendo 49% em terra e 51% em mar.

A proposta acontece dois meses depois da 3R ter feito proposta de união à PetroRecôncavo (RECV3). Em seu comunicado, a 3R informou que o Conselho de Administração da companhia deliberou que sejam momentaneamente suspensas as negociações com PetroRecôncavo e que seja feita uma avaliação da combinação de negócios com a Enauta.

Leia também: S&P reafirma rating brAAA da Santos Brasil (STBP3), com perspectiva estável

ENAT3

ENAUTA PARTICIPAÇÕES
Cotação

R$ 21,10

Variação (12M)

47,55 % Logo ENAUTA PARTICIPAÇÕES

Margem Líquida

2,58 %

DY

0%

P/L

123,66

P/VP

1,35