Banco do Brasil (BBAS3) pode disparar 50%, aponta Santander

O otimismo com o Banco do Brasil é impulsionado pela expectativa de um lucro líquido em 2024 acima das projeções passadas.

Author
Publicado em 02/04/2024 às 16:00h - Atualizado 13 dias atrás Publicado em 02/04/2024 às 16:00h Atualizado 13 dias atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)

Especialistas do Santander revisaram para cima a projeção para as ações do Banco do Brasil (BBAS3) em 2024, elevando o preço-alvo de R$ 75 para R$ 85 e mantendo a recomendação de compra para o papel.

📈 Em caso positivo da projeção, as ações do Banco do Brasil podem disparar e apresentar um rali de 51%, considerando o preço de negociação atual da bolsa, em torno de R$ 56.

Segundo o Santander, o otimismo com o Banco do Brasil é impulsionado pela expectativa de um lucro líquido em 2024 acima das projeções passadas, além de um custo de capital próprio mais baixo.

Leia também: BC faz primeira intervenção no câmbio neste governo Lula

🗣️ Os analistas do Santander destacaram ainda que o Banco do Brasil está sendo negociado a um preço sobre valor patrimonial por ação (P/VP) de 0,84 para 2024. Esse patamar está "substancialmente abaixo" da meta do Santander, que é de 1,3x.

“O Banco do Brasil está atualmente negociando a um múltiplo P/VPA de 0,84x, abaixo do árduo período de 2015-16, momento em que o ROE atingiu o patamar de 7,5% (2016). Em termos comparativos, o ROE do BB em 2023 foi de 22%", afirmou o Santander sobre a companhia. 

De acordo com o banco, há alguns pontos positivos como:

  • Ampla presença física;
  • Carteira de crédito lastreada em operações de agronegócio;
  • Estrutura de captação mais barata;
  • Gestão de fundos do setor público com taxas atrativas;
  • Principal banco do governo para deals.

Além disso, os analistas do Santander que acompanham o Banco do Brasil também realizaram recentemente um roadshow com executivos da instituição para discutir as perspectivas para 2024 e outros temas relevantes.

💭  O roadshow é uma oportunidade para os analistas se aprofundarem em detalhes sobre o negócio do Banco do Brasil e obterem informações diretamente dos executivos da empresa.

Logo após o comunicado, no fechamento do pregão desta terça-feira (2), as ações do Banco do Brasil recuavam 0,11%, a R$ 56,02. 

BBAS3

Banco do Brasil
Cotação

R$ 27,98

Variação (12M)

40,74 % Logo Banco do Brasil

Margem Líquida

12,05 %

DY

8.11%

P/L

5,01

P/VP

0.95