Americanas (AMER3) tem aval da Justiça para desfazer parceria com Vibra

Parceria entre Vibra e Americanas acontecia através das redes "Local" e BR Mania"

Author
Publicado em 31/10/2023 às 10:37h - Atualizado 7 meses atrás Publicado em 31/10/2023 às 10:37h Atualizado 7 meses atrás por Juliano Passaro
Fachada de unidade da Lojas Americanas (AMER3) (Shutterstock)
Fachada de unidade da Lojas Americanas (AMER3) (Shutterstock)

Em comunicado enviado ao mercado, na última segunda-feira (30), a Americanas (AMER3) informou que a Justiça autorizou o desfazimento da joint venture entre a varejista e a Vibra (VBBR3) para a exploração de lojas de pequeno varejo. 

A parceria entre Vibra e Americanas acontecia através das redes "Local" e BR Mania", desenvolvida através da Vem Conveniência. 

Veja também: Lucro do Assaí (ASAI3) cai 34% no 3T23, a R$ 185 milhões

O juízo da 4ª Vara Empresarial da Comercial da Capital do Estado do Rio de Janeiro foi o responsável por autorizar a medida, baseado no artigo 66 da Lei 11.101/05. O comunicado da Americanas foi assinado pela diretora financeira e de Relações com Investidores, Camile Loyo Faria. 

Americanas espera aprovação de plano de RJ ainda em 2023

Na última sexta-feira (27), a Americanas informou que avançou na negociação com seus credores. Por isso, considera a possibilidade de colocar o seu novo plano de recuperação judicial para deliberação em assembleia ainda em 2023.

"A companhia estima que, caso o atual ritmo de avanço nas negociações e elaboração de documentos perdure, seja possível realizar a assembleia geral de credores para aprovar seu PRJ (Plano de Recuperação Judicial) ainda em 2023", destacou a Americanas.