Investimentos para iniciantes: melhores opções para quem está começando

Author
Publicado em 24/09/2023 às 11:31h - Atualizado 8 meses atrás Publicado em 24/09/2023 às 11:31h Atualizado 8 meses atrás por Redação
Investimentos para iniciantes: melhores opções para quem está começando
Investimentos para iniciantes: melhores opções para quem está começando
Quais são asmelhores opções em investimentos para iniciantes?

Se você pretende começar a investir, mas não sabe qual tipo de ativo escolher, chegou ao lugar certo! Neste conteúdo, vamos apresentar algumas dicas para quem está começando a investir e listar algumas aplicações financeiras rentáveis e de baixo risco. Confira o conteúdo até o final para aprender mais sobre investimentos e navegue em nosso site para ter acesso a tudo o que você precisa saber sobre os diferentes tipos de ativos de renda fixa e renda variável.

Investimentos para iniciantes: o que você precisa saber antes de começar a investir

Para ter sucesso no mundo dos investimentos, existem algumas coisas que você precisa saber antes de começar a investir. Confira os tópicos abaixo:

1.Conheça o seu perfil de investidor

Antes de começar a investir, é importante entender seu perfil como investidor para fazer escolhas que estejam alinhadas às suas expectativas e tolerância ao risco.

  • Conservador: Prefere preservar seu capital e aceita retornos mais modestos, evitando investimentos voláteis. Geralmente foca em investimentos de renda fixa.
  • Moderado: Está disposto a correr algum risco para obter retornos potencialmente maiores, equilibrando sua carteira entre renda fixa e variável.
  • Agressivo: Procura maximizar seus retornos e aceita uma maior volatilidade e risco. Sua carteira tende a ser focada em renda variável.

2.Abertura de conta em uma corretora de investimentos

Você até pode investir através das opções em aplicações financeiras que são oferecidas pelos bancos tradicionais. No entanto, as corretoras costumam oferecer uma variedade maior de opções de investimento.

  • Pesquise e escolha a corretora: Há muitas corretoras disponíveis, por isso, antes de escolher, analise fatores como taxas, produtos disponíveis, plataforma de investimento e atendimento ao cliente.
  • Solicite a abertura da conta: O processo para abertura de conta em corretoras de investimentos pode ser realizado através da internet, em apenas alguns minutos.
  • Transferência de recursos: Antes de começar a investir, você precisará transferir recursos para sua conta na corretora. Geralmente, isso é feito via TED ou PIX a partir de sua conta bancária.
  • Comece a investir: Com a conta aberta e os recursos transferidos, você está pronto para começar a investir. Use a plataforma da corretora para escolher e gerenciar seus investimentos.

3.Diversifique seus investimentos

Após conhecer o seu perfil de investidor e abrir conta em uma corretora, você poderá começar a aplicar o seu dinheiro. No entanto, quando o assunto são investimentos para iniciantes, não podemos deixar de falar sobre a importância da diversificação. A diversificação é uma técnica que visa a reduzir riscos ao distribuir o capital investido entre diferentes tipos de ativos. Em termos simples, significa não colocar todos os seus ovos na mesma cesta. Ao distribuir o capital em diferentes ativos ou classes de ativos, o investidor pode reduzir o impacto negativo que determinada aplicação possa ter em sua carteira. Por exemplo, se uma empresa na qual você investiu enfrentar problemas, a perda dessa ação pode ser compensada por ganhos em outros ativos da sua carteira. Vale destacar, que a diversificação não se refere apenas a diferentes tipos de ativos, mas também a diferentes setores da economia e até a mercados internacionais.

Principais tipos de investimentos para iniciantes

Principais tipos de investimentos para iniciantes

Principais tipos de investimentos para iniciantes Após conferir três dicas básicas para quem pretende começar a investir, é hora de conferir e conhecer quais são os principais investimentos para iniciantes. Na sequência vamos apresentar ativos que oferecem os menores riscos para quem ainda não possui uma grande carteira de ativos e não está totalmente familiarizado com esse universo.

1. Títulos do Tesouro Direto

Ao investir em títulos do Tesouro Direto, você estará basicamente emprestando dinheiro para o governo. Esse tipo de aplicação financeira é considerada de baixo risco, já que têm o governo como seu garantidor. Existem diferentes tipos de títulos do tesouro disponíveis, atendendo a diferentes objetivos e prazos, como o Tesouro Selic, Tesouro Prefixado e Tesouro IPCA+.

2. Certificados de Depósito Bancário (CDB)

Certificados de Depósito Bancário ou simplesmente CDBs, são títulos emitidos por bancos para captar dinheiro no mercado e financiar suas atividades. Quanto ao tipo, os títulos CDB podem ser classificados em:

  • CDB Pré-fixado: O investidor sabe exatamente quanto receberá de rendimento no momento da aplicação. A taxa de juro é definida no momento da compra, e o rendimento é calculado com base nessa taxa até o vencimento do título.
  • CDB Pós-fixado: Os rendimentos são atrelados a um indicador, geralmente o CDI (Certificado de Depósito Interbancário), que costuma acompanhar de perto a taxa SELIC.
  • CDB Híbrido: Combina uma taxa fixa com um indicador de inflação, geralmente o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Portanto, a remuneração é composta por uma parte prefixada e uma parte variável, de acordo com a inflação.

Em geral, quanto maior o prazo e o valor investido, maior a rentabilidade oferecida ao investidor.

3. Fundos de Renda Fixa

Os Fundos de Renda Fixa também são uma boa opção em investimentos para iniciantes, pois eles investem, no mínimo, 80% de seu patrimônio líquido em ativos financeiros de renda fixa. Esses ativos podem incluir: títulos públicos federais, LCI, LCA, CDBs, entre outros. Uma das suas grandes vantagens, é que o investidor não precisa se preocupar em escolher individualmente cada título ou ativo de renda fixa, já que os fundos contam com gestores profissionais que se encarregam dessa responsabilidade. No entanto, por outro lado, os fundos geralmente cobram uma taxa de administração e, em alguns casos, uma taxa de performance sobre resultados acima do esperado.

4. Letra de Crédito Imobiliário - LCI

Quando o assunto são investimentos para iniciantes, outra boa opção são os títulos LCI (Letra de Crédito Imobiliário). A LCI é um título de renda fixa emitido por bancos, vinculado ao financiamento do setor imobiliário. Sendo assim, ao comprar uma LCI, o investidor está, indiretamente, financiando atividades desse setor. Esse tipo de aplicação é muito semelhante ao CDB, mas tem uma vantagem importante: os rendimentos são isentos de Imposto de Renda (IR).

5. Letra de Crédito do Agronegócio - LCA

Por fim, ao destacar opções de investimentos para iniciantes, não poderíamos deixar de comentar sobre as Letras de Crédito do Agronegócio. A LCA também é um título de renda fixa emitido por bancos, mas, diferentemente da LCI, é vinculado ao financiamento do setor agropecuário. Na prática, isso significa que ao adquirir uma LCA, o investidor está apoiando, de forma indireta, o financiamento de atividades ligadas ao agronegócio. Assim como a LCI, a LCA oferece isenção de IR para pessoas físicas sobre os rendimentos obtidos com o título.

Outras opções em investimentos para iniciantes

Outras opções em investimentos para iniciantes

Outras opções em investimentos para iniciantes Se você já possui uma reserva de emergência, possui um nível razoável de conhecimento sobre o mercado financeiro e deseja começar com ativos que podem gerar maior retorno, existem outras opções em opções de investimentos. No tópico anterior, listamos e comentamos sobre 5 opções de investimentos para iniciantes, todas elas ligadas à renda fixa. Agora, vamos destacar duas opções de renda variável.

Mas, a propósito, você já sabe a diferença entre renda fixa e renda variável?

  • Renda fixa: Investimentos de renda fixa são aqueles em que a remuneração ou sua forma de cálculo é conhecida no momento da aplicação. Ativos dessa classe oferecem riscos reduzidos, mas por outro lado, os rendimentos podem não ser os melhores do mercado.
  • Renda variável: Investimentos de renda variável não possuem uma rentabilidade estabelecida no ato da aplicação. O retorno é incerto e o risco maior. Em alguns casos, é possível ter perdas ao invés de ganhos.

Dito isso, vejamos duas opções em investimentos para iniciantes dentro da renda variável:

1. Ações

As Ações representam uma fração do capital social de uma empresa. Quando um investidor compra uma ação, ele está adquirindo uma pequena participação naquela empresa, tornando-se acionista. A rentabilidade das ações está relacionada ao desempenho da empresa emissora e às condições do mercado. Portanto, é volátil e pode variar bastante. Investir em ações é considerado de alto risco. As ações podem sofrer grandes oscilações em curtos períodos, devido a fatores como resultados da empresa, cenário econômico, taxas de juros e eventos políticos.

2. Fundos Imobiliários

Os Fundos Imobiliários são fundos que investem em ativos relacionados ao mercado imobiliário, como imóveis e títulos de dívida imobiliária. Os FIIs são uma opção interessante para quem busca construir uma renda passiva mensal, pois eles costumam pagar rendimentos mensais, provenientes de aluguéis dos imóveis pertencentes ao fundo ou de juros de títulos imobiliários. No entanto, os FIIs também oferecem riscos, dentre eles, os relacionados à vacância dos imóveis (quando não estão alugados) e à desvalorização dos ativos do fundo em função de condições econômicas gerais e taxas de juros.

Investimentos para iniciantes: como começar a investir com pouco dinheiro?

Agora que você já conhece uma série de opções em investimentos para iniciantes, incluindo de títulos de renda fixa a ativos da renda variável, é hora de responder a seguinte pergunta:

“Como começar a investir com pouco dinheiro?”

Começar a investir mesmo com pouco dinheiro é uma decisão sábia e pode ajudar a construir um patrimônio a longo prazo. Hoje, com o avanço da tecnologia e a popularização das plataformas de investimento online, ficou mais fácil e acessível investir, independentemente do montante disponível. Confira algumas dicas: 1.Eduque-se financeiramente: Antes de começar, é importante entender os princípios básicos do investimento, os diferentes tipos de ativos e os riscos associados. Existem muitos cursos online, livros, blogs e vídeos dedicados ao tema. Aproveite esses recursos para adquirir conhecimento. 2.Defina seus objetivos: Pergunte-se por que você está investindo. Pode ser para uma viagem, comprar um bem, aposentadoria ou simplesmente fazer o dinheiro crescer. Ter objetivos claros ajuda a escolher os investimentos mais adequados e a manter o foco a longo prazo. 3.Comece com uma reserva de emergência:  Antes de investir em opções arriscadas, construa uma reserva de emergência em investimentos de alta liquidez (resgate rápido) e baixo risco. Títulos do Tesouro Selic e CDBs com liquidez diária são opções interessantes para essa finalidade. 4.Investimentos para iniciantes com pouco dinheiro: Ter pouco dinheiro não pode ser desculpa para não começar a investir. O Tesouro Selic, por exemplo, é uma boa opção para quem está começando. Com apenas R$ 30,00 é possível começar a investir nesse tipo de ativo. Além disso, vale destacar que muitos bancos digitais e corretoras oferecem CDBs com aplicações iniciais reduzidas e rentabilidades atrativas.

Investimentos para iniciantes: conheça o Investidor 10 PRO

Investimentos para iniciantes: conheça o Investidor 10 Pro

Investimentos para iniciantes: conheça o Investidor 10 Pro Quando o assunto são investimentos para iniciantes, uma boa pedida é o Investidor 10 PRO. Assinantes do Investidor 10 PRO possuem acesso a uma série de conteúdos de valor sobre investimentos, incluindo:

  • Carteiras recomendadas;
  • Cursos completos;
  • Indicadores e dados para análises;
  • Gráficos variados;
  • Histórico de proventos;
  • Preço justo dos ativos;
  • Relatórios.

Com muita informação e conteúdo de qualidade, você aprende tudo o que precisa saber sobre investimentos e aumenta de forma significativa suas chances de sucesso. Para ter acesso a todas as soluções acima e maximizar os seus rendimentos como investidor, clique aqui e garanta sua assinatura!