Franquia do McDonald’s: confira o valor e se vale a pena investir

Author
Publicado em 02/11/2023 às 14:25h - Atualizado 7 meses atrás Publicado em 02/11/2023 às 14:25h Atualizado 7 meses atrás por Redação
Como investir em uma franquia do McDonald’s
Como investir em uma franquia do McDonald’s

Qual o custo para abrir uma franquia do McDonald’s? Será que vale a pena o investimento? Essa é uma dúvida comum entre empreendedores que estão estudando a possibilidade de abrir uma franquia de fast-food. Sabendo disso, o Investidor10 decidiu preparar este artigo completo sobre o assunto, para responder às principais dúvidas que estão diretamente relacionadas ao tema. Aqui você vai conferir detalhes sobre a franquia do McDonald’s e conferir uma alternativa que muita gente não leva em consideração, mas que é mais econômica para quem pretende investir na rede de fast-food dos arcos dourados.

Sobre o McDonald’s

O McDonald's (MCD / MCDC34) começou como um restaurante de drive-in em San Bernardino, Califórnia, em 1940, fundado por Richard e Maurice McDonald. Em 1954, Ray Kroc, um vendedor de máquinas de milk-shake, visitou o restaurante e ficou impressionado com a eficiência de seu sistema. Sendo assim, ele propôs a criação de uma franquia e abriu o primeiro restaurante franqueado do McDonald's em Des Plaines, Illinois, em 1955. Kroc comprou a cadeia dos irmãos McDonald em 1961. Desde então, o McDonald's cresceu exponencialmente. Atualmente, a marca opera em mais de 100 países, com dezenas de milhares de restaurantes que servem milhões de clientes todos os dias. Originalmente conhecido por seus hambúrgueres, batatas fritas e milk-shakes, o McDonald's expandiu seu menu ao longo dos anos para incluir itens como:

  • Big Mac;
  • McNuggets;
  • Saladas;
  • Itens de café da manhã.

Em muitos países, o menu da franquia é adaptado para refletir as preferências locais.

Quanto custa uma franquia do McDonald’s

Quanto custa uma franquia do McDonald’s

Quanto custa uma franquia do McDonald’s Os valores exatos para adquirir uma franquia do McDonald's no Brasil poderiam variar dependendo de vários fatores, incluindo a localização, tamanho da loja, mercado local e outras variáveis. No entanto, segundo o Portal do Franchising, o investimento inicial para abrir uma franquia do McDonald's é de no mínimo R$ R$ 2.670.000 (dois milhões, seiscentos e setenta mil), considerando custos como:

  • Taxa de franquia;
  • Construção;
  • Equipamentos;
  • Treinamento;
  • Dentre outros itens.

Além disso, é importante destacar que os quiosques de sorvetes só ficam disponíveis para quem já possui lojas da rede. Neste caso, o investimento adicional gira em torno de R$ 350 mil. Dito isso, vale lembrar, que como em toda franquia, além de custear o investimento inicial, os franqueados também possuem despesas operacionais recorrentes e são obrigados a pagar royalties e contribuições para campanhas de marketing. Atualmente, o prazo de retorno estimado para o investidor que adquirir uma franquia da rede de fast-food, é de 60 meses, ou seja, 5 anos.

Qual o faturamento médio mensal da franquia McDonald’s?

O faturamento médio mensal de uma franquia do McDonald's varia com base em diversos fatores, incluindo a localização e o tamanho da loja. No entanto, de acordo com estimativas, o faturamento médio mensal de uma franquia do McDonald's aqui no Brasil pode ficar entre R$ 80 mil a R$ 560 mil, com margem de lucro entre 8% a 10%. É importante considerar que esses são valores aproximados e podem flutuar com base nas condições do mercado, estratégias promocionais, entre outros fatores. No geral, lojas em localizações de alto tráfego ou grandes centros urbanos tendem a ter um faturamento mais elevado. Para obter informações mais detalhadas e específicas sobre o faturamento da franquia, é aconselhável entrar em contato diretamente com a empresa ou consultar franqueados.

Qual o perfil ideal para investir na franquia do McDonald’s

O McDonald's é uma das maiores e mais reconhecidas marcas de fast-food do mundo, e ser um franqueado exige atender a certos padrões e critérios estabelecidos pela empresa. O perfil ideal para investir na franquia McDonald's inclui: Capacidade financeira

  • Possuir o capital necessário para o investimento inicial e para manter o negócio até que se torne rentável.
  • Ter capacidade de arcar com os custos operacionais, eventuais imprevistos e investimentos de longo prazo.
Experiência em gestão
  • Ter experiência anterior em gestão de negócios, preferencialmente no setor de alimentos ou varejo.
  • Capacidade de liderar e gerenciar equipes, garantindo que as operações diárias sejam bem executadas e que os padrões da marca sejam mantidos.
Comprometimento com a marca
  • Estar alinhado com os valores, missão e visão da marca McDonald's.
  • Estar disposto a seguir os padrões e procedimentos rigorosos estabelecidos pela empresa.
Habilidade de comunicação e atendimento:
  • Ser capaz de se comunicar eficazmente com a equipe, clientes e representantes corporativos do McDonald's.
  • Ter um compromisso inabalável com a excelência no atendimento ao cliente e garantir que os padrões da marca sejam mantidos em todas as interações.

Vantagens e desvantagens da franquia do McDonald’s

Investir em uma franquia do McDonald's, como qualquer outro empreendimento, tem suas vantagens e desvantagens. Vamos analisar ambos os aspectos:

Vantagens

  • Reconhecimento global da marca: O McDonald's é uma das marcas mais reconhecidas globalmente, o que pode facilitar a atração de clientes desde o primeiro dia de operação.
  • Modelo de negócio testado: A empresa tem um modelo de operação comprovado, reduzindo os riscos associados ao início de um novo negócio.
  • Treinamento e suporte: Os franqueados recebem treinamento e têm acesso ao suporte contínuo da empresa, incluindo marketing, operações e gestão.
  • Poder de compra: Devido ao tamanho e influência da rede, os franqueados se beneficiam do poder de compra do McDonald's, o que pode resultar em custos de insumos mais baixos.
  • Inovação contínua: O McDonald's frequentemente introduz novos produtos, promove campanhas de marketing e adota novas tecnologias, mantendo o negócio atualizado com as tendências do mercado.
  • Retorno potencialmente alto: Com uma gestão eficaz, a lucratividade de uma franquia McDonald's pode ser significativa devido à sua popularidade e operação otimizada.

Desvantagens

  • Investimento inicial alto: O custo de iniciar uma franquia do McDonald's é muito elevado.
  • Regras e diretrizes rigorosas: Os franqueados devem aderir a diretrizes rigorosas, o que limita a flexibilidade em termos de operação, design e oferta de produtos.
  • Royalties e taxas: Além do investimento inicial, os franqueados são obrigados a pagar royalties regulares e contribuir para fundos de marketing, assim como acontece em outras franquias.
  • Concorrência intensa: Embora o McDonald's seja uma marca líder, ainda enfrenta concorrência significativa de outras redes de fast-food.
  • Reputação e percepção: O McDonald's, como muitas redes de fast-food, às vezes enfrenta críticas relacionadas à saúde dos produtos, impacto ambiental e práticas trabalhistas.

Ao ponderar sobre essas vantagens e desvantagens, potenciais franqueados devem realizar uma pesquisa aprofundada, talvez consultando atuais ou antigos franqueados, para tomar uma decisão assertiva.

Como investir em uma franquia do McDonald’s

Como investir em uma franquia do McDonald’s

Como investir em uma franquia do McDonald’s - Foto: Logo McDonald's[/caption] Abrir uma franquia do McDonald's envolve uma série de etapas e um compromisso considerável de tempo e recursos. Se você está interessado em se tornar um franqueado, confira as orientações e informações do passo a passo abaixo:

  1. Contato inicial:

Para expressar seu interesse, envie um e-mail para [email protected]. No e-mail, mencione sua experiência anterior (se houver) no setor de alimentos ou em negócios e indique sua região de interesse para abrir a franquia. 2. Documentação e requisitos: Após o contato inicial, a equipe de franchising do McDonald's fornecerá detalhes sobre os documentos necessários e os requisitos financeiros. 3. Entrevistas e avaliações: Se seu perfil e documentação estiverem em ordem, você será convidado para entrevistas e avaliações. Este é um momento importante para que ambas as partes entendam se há um bom alinhamento de expectativas. 4. Treinamento: Os candidatos selecionados assinam o contrato e efetuam o pagamento da taxa de franquia, iniciando na sequência, um treinamento extensivo, abrangendo operações do McDonald's, gestão, atendimento ao cliente e outros aspectos essenciais do negócio. 5. Seleção do local: Com a ajuda da equipe de franchising, você selecionará um local adequado para o seu restaurante. O McDonald's tem diretrizes específicas para garantir que cada local tenha potencial de sucesso. Após a seleção do local, a loja será montada e preparada para o dia da inauguração. Todas as etapas de montagem da loja são acompanhadas de perto pela franqueadora. Não tenha dúvidas, ser um franqueado do McDonald's exige dedicação, esforço e aderência aos altos padrões da marca.

Conheça outra forma de investir no McDonald's

Se você gostaria de investir em uma franquia do McDonald’s, mas não possui todo o capital necessário ou prefere não ter que se preocupar com aspectos operacionais do negócio, existe outra alternativa de investimento muito interessante. Quem pretende investir no McDonald’s, pode fazer isso por meio da aquisição de Stocks (ações internacionais) ou BDRs (Brazilian Depositary Receipt). Aqui no Investidor10, você encontra todas as informações que precisa para investir no McDonald’s, incluindo dados históricos sobre variações no preço das ações e distribuições de proventos aos investidores.

  • Para investir através da Bolsa de Valores Americana, consulte o ticker:
  • Para investir através da Bolsa de Valores Brasileira, consulte o ticker: MCDC34.
Dito isso, qual a sua escolha?

Investir diretamente na montagem de uma unidade da rede de fast-food ou ser um acionista da empresa, investindo em stocks e BDRs? Para mais conteúdos sobre o mercado de investimentos, continue acompanhando o blog do Investidor 10 e siga nossas redes sociais.