Você que acompanha o Investidor 10 já deve ter notado que temos uma nova área em nosso site. Agora além de contar com a nossa página de indicadores fundamentalistas para análise de ações, você investidor também terá à sua disposição uma área exclusiva para acompanhar e avaliar o desempenho e analisar fundos imobiliários.

Uma super novidade, não é mesmo? Portanto, aproveitando a nova área para análise de fundos imobiliários, decidimos elaborar esse conteúdo com algumas dicas para que você tire o máximo proveito possível das informações disponíveis em nosso site.

Neste conteúdo, vamos explicar detalhes importantes para que você saiba como analisar fundos imobiliários com precisão, garantindo as melhores escolhas para a sua carteira e também os maiores rendimentos. 

Vale destacar que investindo em fundos imobiliários é possível montar uma excelente renda passiva proveniente dos recebimentos de dividendos. Confira!

Como analisar fundos imobiliários? Quais são os indicadores mais importantes?

Como analisar fundos imobiliários? Quais são os indicadores mais importantes?
Como analisar fundos imobiliários? Quais são os indicadores mais importantes? – Foto: Freepik

Conhecer os principais indicadores quando o assunto são os fundos imobiliários é muito importante para uma boa análise e para garantir boas escolhas. Por sinal, você sabe quais são os indicadores mais importantes em um fundo imobiliário?

Analisar fundos imobiliários –  1.Vacância

A Vacância é o primeiro indicador a ser abordado neste conteúdo e possui grande importância. Sua função consiste basicamente em informar o percentual da área não locada de um fundo imobiliário.

A Vacância interfere diretamente no valor dos dividendos pagos pelos fundos imobiliários e a regra é simples: Quanto maior o percentual locado do fundo, maior serão as suas receitas e consequentemente os seus dividendos.

Logo, uma vacância próxima de zero é tudo que os cotistas dos fundos imobiliários mais desejam. O índice de vacância dos fundos imobiliários é uma das informações que você encontra aqui no Investidor 10.

Analisar fundos imobiliários – 2.Dividend Yield – DY

Qual é o principal objetivo de todo e qualquer investidor? Obter lucros e rendimentos por meio das suas aplicações, não é mesmo?

Portanto, se esse também é o seu objetivo ao investir em fundos imobiliários, é essencial que você avalie o Dividend Yield dos fundos em que pretende investir.

Esse importante indicador é calculado com base na divisão entre o montante de proventos pagos pelo fundo em determinado período e a sua cotação atual. Logo, podemos dizer, que um Dividend Yield alto indica um fundo que costuma pagar bons dividendos aos seus cotistas.

Por falar em Dividend Yield, vale destacar que aqui no Investidor 10, você encontra o histórico de dividendos de cada fundo imobiliário nos últimos 5 anos e ainda pode realizar comparativos entre fundos do mesmo segmento. Muito bacana, não é mesmo?

analisar fundos imobiliários
Homem com caneta analisando gráfico – Foto: Freepik

Analisar fundos imobiliários – 3.P/VP

Outro importante indicador para a análise de fundos imobiliários é o P/VP, cuja função consiste basicamente em apontar se o fundo imobiliário está sendo negociado acima ou abaixo do seu valor patrimonial.

O cálculo desse indicador é realizado por meio da divisão entre o valor de mercado da cota e o valor patrimonial do fundo imobiliário. Logo, podemos dizer que um P/VP abaixo de 1 indica que o fundo imobiliário está sendo negociado abaixo do seu valor patrimonial (descontado), enquanto que um P/VP acima de 1 indica que os investidores estão aceitando pagar mais pelo patrimônio do fundo.

Vale destacar, que apesar de muito importante para ajudar o investidor a avaliar a precificação dos fundos imobiliários, esse indicador não deve ser interpretado de forma isolada.

Analisar fundos imobiliários – 4.Liquidez

Por sua vez, a Liquidez é o indicador que demonstra o volume de negociações do fundo imobiliário em determinado período, como por exemplo no período de 1 mês.

Basicamente, esse indicador representa o nível de facilidade que os cotistas encontram para vender as suas cotas em determinado fundo. A regra é simples: Quanto maior a liquidez, maior a facilidade de vender uma ou mais cotas, sendo o contrário também uma verdade.

Sendo assim, se você precisar recuperar o valor investido em fundos imobiliários no curto prazo, é melhor procurar por opções com alta liquidez.

Analisar fundos imobiliários – 5.Lista de ativos e distribuição geográfica

Por fim, quando o assunto são os fundos imobiliários, vale destacar a importância da lista de ativos e sua distribuição geográfica.

Em regra, quanto melhor distribuída for a carteira de um fundo imobiliário, tanto em número de ativos, quanto em relação a sua distribuição geográfica pelo território nacional, melhor para o investidor.

Assim como no mercado de ações, no universo dos FIIs a diversificação é um conhecido fator de redução e mitigação de riscos.

analisar fundos imobiliários
Homem com lupa analisando gráficos – Foto: Freepik

Considerações Finais

Para conferir a lista de imóveis e distribuição geográfica de um ou mais fundos imobiliários, clique aqui e acesse a nossa área de FIIs.

Gostou da super novidade que o Investidor 10 preparou para você? Então, não deixe de continuar acompanhando o nosso site e também as nossas páginas no Instagram e Facebook.

Analisar fundos imobiliários será uma tarefa muito mais fácil a partir de agora! Compartilhe essa novidade com outros investidores.

Até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui