Taesa (TAEE11) emitirá R$ 800 milhões em debêntures

Emissão será feita em três séries; a primeira será no valor de R$ 327,8 milhões

Author
Publicado em 26/09/2023 às 11:02h - Atualizado 6 meses atrás Publicado em 26/09/2023 às 11:02h Atualizado 6 meses atrás por Juliano Passaro
Taesa emitirá três séries de debêntures simples

A Taesa (TAEE11) informou na noite da última segunda-feira (25) que, com a conclusão do procedimento de "bookbuilding", a companhia decidiu emitir três séries de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, no valor total de R$ 800 milhões.

A primeira série de emissão de debêntures será de R$ 327,8 milhões. A segunda será no valor de R$ 86,2 milhões e a terceira R$ 385,9 milhões.

A companhia destacou que os bancos Santander, Itaú BBA, Safra e XP fazem parte do esforço de colocação no mercado.

A Taesa informou que sobre o valor nominal unitário atualizado das debêntures da primeira série incidirão juros remuneratórios correspondentes a 5,8741% ao ano. Em relação ao valor da segunda série de debêntures emitidas incidirão juros remuneratórios correspondentes a 6,0653% e, por fim, sobre o valor unitário atualizado das debêntures da terceira série incidirão juros remuneratórios correspondentes a 6,2709%.

"A totalidade dos recursos líquidos captados na Emissão será integralmente alocada, única e exclusivamente, para investimento, pagamento futuro ou no reembolso de gastos, despesas ou dívidas relacionadas ao Projeto Novatrans, ao Projeto Ananaí, ao Projeto Pitiguari e ao Projeto Saíra, de acordo com as tabelas previstas no Prospecto Preliminar, tendo em vista o enquadramento dos Projetos como prioritários, pelo Ministério de Minas e Energia", informou a Taesa em comunicado.