Petrobras (PETR4): Governo avalia distribuição de 100% de dividendos extraordinários

Em abril, a Petrobras gerou surpresa no mercado ao anunciar a distribuição de R$ 21,9 bilhões em dividendos extraordinários.

Author
Publicado em 22/05/2024 às 18:20h - Atualizado 25 dias atrás Publicado em 22/05/2024 às 18:20h Atualizado 25 dias atrás por Matheus Rodrigues

💲 O governo brasileiro atualizou suas expectativas fiscais para 2024, incorporando a previsão de recebimento integral dos dividendos extraordinários da Petrobras (PETR4), segundo declarações do secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron.

Essa decisão reflete uma estimativa adicional de receita de aproximadamente R$ 14 bilhões para o ano, com R$ 13 bilhões originados especificamente de dividendos da estatal.

Essa projeção ocorre mesmo diante das recentes mudanças na liderança da Petrobras e das discussões sobre a política de dividendos da empresa.

Em abril, a Petrobras gerou surpresa no mercado ao anunciar a distribuição de R$ 21,9 bilhões em dividendos extraordinários, o que representou 50% do total possível baseado nos resultados de 2023.

A outra metade desses dividendos foi mantida em uma reserva estatutária, com possibilidade de ser distribuída até o final deste ano.

O cenário descrito pelo governo, segundo Ceron, considera a distribuição completa desses dividendos como provável.

"Caso seja observado algum ajuste em função da não materialização, a gente faz isso conforme o fato novo ocorrer, mas neste momento o nosso entendimento é que o cenário provável é a distribuição dos recursos”, explicou Ceron.

💰 A confiança do governo na distribuição dos dividendos ocorre em um contexto de transformações significativas na gestão da Petrobras.

Em meados de maio, Jean Paul Prates foi substituído por Magda Chambriard, ex-diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), refletindo a continuidade das expectativas do governo de que a Petrobras siga uma política de distribuição de lucros alinhada com os interesses dos acionistas, incluindo o próprio governo.

PETR4

Petrobrás
Cotação

R$ 34,68

Variação (12M)

38,40 % Logo Petrobrás

Margem Líquida

22,45 %

DY

18.27%

P/L

4,11

P/VP

1,11