PDG Realty (PDGR3) pretende agrupar ações

Ações da construtora são negociadas por menos de R$ 1 desde dezembro de 2023

Author
Publicado em 24/02/2024 às 12:42h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 24/02/2024 às 12:42h Atualizado 3 meses atrás por Marina Barbosa
(Shutterstock)
(Shutterstock)

A PDG Realty Empreendimentos e Participações (PDGR3) pretende agrupar suas ações. A companhia avalia a medida como uma forma de reenquadrar o valor das ações acima de R$ 1, como determinado pela B3.

📉 A construtora e incorporadora já agrupou as suas ações, na proporção de 100 para uma, em março de 2023. Porém, os papeis voltaram a ser negociados abaixo de R$ 1 desde o dia 7 de dezembro de 2023. Na sexta-feira (23), por exemplo, a ação terminou o dia negociada a R$ 0,32, com queda de 3,3%.

Diante disso, a companhia foi notificada pela B3. A operadora da bolsa brasileira impõe limites para as chamadas penny stocks (ações negociadas por centavos) por causa da alta volatilidade desses papeis. Por isso, deu um prazo até 8 de agosto de 2024 para que a PDG Realty adote as medidas cabíveis para reenquadrar suas ações em um valor acima de R$ 1.

Leia também: Cielo (CIEL3) suspende oferta pública de ações após pedido de acionistas

Para atender a determinação da B3, a PDG Realty pretende implementar um novo grupamento de ações. Segundo calendário preliminar publicado na sexta-feira (23), a construtora deve levar a proposta para avaliação dos seus conselhos de Administração e Fiscal até o dia 21 de junho. O Conselho de Administração deve decidir, entre outras coisas, a proporção do grupamento.

Se aprovada pela governança da empresa, a proposta de grupamento das ações será colocada em votação em uma assembleia de acionistas. A PDG Realty espera realizar a AGE (Assembleia Geral Extraordinária) sobre o grupamento até 22 de julho de 2024, em primeira convocação. As datas estão sujeitas a ajustes.

Prejuízo

💲 A construtora e incorporadora PDG Realty encerrou um processo de recuperação judicial em 2021, depois de anos de negociações com os credores. Contudo, voltou a registrar prejuízos no segundo semestre de 2022. 

Os prejuízos cresceram em 2023, afetando o desempenho da companhia na B3. Nos últimos 12 meses, as ações da companhia recuaram 97%, segundo dados do Investidor10.

Nos nove primeiros meses de 2023, a PDG Realty acumulou um resultado negativo de R$ 566 milhões. O resultado consolidado do ano será divulgado no dia 28 de março de 2024.

PDGR3

PDG REALTY
Cotação

0.18

Variação (12M)

-97,23 % Logo PDG REALTY

Margem Líquida

1,36 K%

DY

0%

P/L

0.01

P/VP

-