Magazine Luiza (MGLU3) propõe grupamento de ações

O principal objetivo do grupamento é a redução da volatilidade das ações, destacou a varejista.

Author
Publicado em 22/03/2024 às 15:43h - Atualizado 2 meses atrás Publicado em 22/03/2024 às 15:43h Atualizado 2 meses atrás por Matheus Rodrigues

📈 A Magazine Luiza (MGLU3) informou nesta sexta-feira (22), que aprovou a proposta de grupamento da totalidade de suas ações na proporção de 10:1 que será submetida à apreciação da assembleia geral extraordinária.

O principal objetivo do grupamento é a redução da volatilidade das ações, destacou a varejista.

Os procedimentos e cronograma para o grupamento serão detalhados e divulgados quando da convocação da assembleia.

Por meio da proposta, será realizado o grupamento da totalidade das atuais 7,3 bilhões de ações ordinárias na proporção de 10 ações para 1 (uma) ação da mesma espécie, sem modificação do capital social.

💲 O conselho de administração do Magazine Luiza também aprovou a homologação total do aumento do capital social da companhia, dentro do limite do capital autorizado, mediante a emissão de ações ordinárias para subscrição privada.

A Companhia informou que, no âmbito do aumento de capital, foram efetivamente subscritas e integralizadas 641.025.641 ações ao preço de emissão de R$ 1,95 por ação, totalizando R$ 1,25 bilhão, tendo sido destinado à conta de capital social.

Os acionistas controladores participaram de 66% do total de ações subscritas, com a totalidade das ações disponíveis.

Do total de ações disponíveis para os acionistas minoritários, mais de 75% foram subscritas pelo mercado.

O Magazine Luiza destacou que o aumento de capital tem por finalidade a aceleração dos investimentos em tecnologia.

MGLU3

Magazine Luiza
Cotação

R$ 10,92

Variação (12M)

-70,33 % Logo Magazine Luiza

Margem Líquida

-1,52 %

DY

0%

P/L

-14,41

P/VP

0.74