Google (GOGL34) realiza demissão em massa para investir em IA

Áreas como Google Assistant, hardware e ferramentas de software internas foram atingidas

Author
Publicado em 11/01/2024 às 14:21h - Atualizado 6 meses atrás Publicado em 11/01/2024 às 14:21h Atualizado 6 meses atrás por Juliano Passaro
(Shutterstock/VDB Photos)
(Shutterstock/VDB Photos)

O Google (GOGL34) demitiu centenas de funcionários, na última quarta-feira (10), em mais um esforço para diminuir custos. O número exato de demissões nesta rodada não foi informado pelo Google. A companhia dará a oportunidade de recolocação interna aos colaboradores afetados. As informações são da "Dow Jones". 

O intuito da empresa com as demissões seria cortar gastos para investir "de forma responsável em suas principais prioridades e oportunidades", como a área de inteligência artificial (IA).

O novo corte de pessoal do Google afetou funcionários das mais diversas áreas da empresa, como Google Assistant, hardware e ferramentas de software internas. 

Veja também: Microsoft (MSFT34) supera Apple (AAPL34) e se torna empresa mais valiosa do mundo

Há cerca de um ano, a dona do Google, Alphabet, demitiu 12 mil pessoas, o que equivalia a 6% da força de trabalho da empresa. Desde então, a companhia realizou novos cortes, porém em menores proporções. O corte de pessoal do Google ocorre em linha com o da Amazon.

Assim como o Google, Amazon também realizou demissão em massa

Na última quarta (10), a Amazon também realizou demissões em massa. A empresa desligou colaboradores do Prime Video, MGM Studios e da Twitch.

No caso da Amazon, o vice-presidente sênior da Prime Video e Amazon MGM Studios, Mike Hopkins, teria dito, em nota interna aos funcionários, que a empresa identificou oportunidades para mudar o rumo dos investimentos, com foco em "iniciativas de conteúdo e produtos que proporcionam mais impacto". 

GOGL34

Alphabet - Google (A)
Cotação

R$ 81,64

Variação (12M)

60,14 % Logo Alphabet - Google (A)

Margem Líquida

25,90 %

DY

0.07%

P/L

26,77

P/VP

7,53