Descredenciamentos da Unimed afetam 37 hospitais e redes de capital aberto; veja

Rede D’Or terá 12 hospitais totalmente descredenciados e serviço de emergência interrompido

Author
Publicado em 16/02/2024 às 13:16h - Atualizado 4 meses atrás Publicado em 16/02/2024 às 13:16h Atualizado 4 meses atrás por Jennifer Neves
Unimed - Shutterstock
Unimed - Shutterstock

ūüŹ• Durante o Carnaval, a Unimed Nacional (CNU) divulgou o encerramento parcial ou integral de credenciamentos de 37 hospitais, que devem ser conclu√≠dos no dia 4 de mar√ßo. Est√£o inclusas no total, companhias de capital aberto e fechado, com credenciamento de planos individuais, de afinidade e PME (voltado a empresas), nos estados de S√£o Paulo, Rio de Janeiro, Maranh√£o, Bahia e Distrito Federal.

A medida afeta especialmente a Rede D’Or (RDOR3), que possui 12 hospitais para serem totalmente descredenciados, sendo 10 São Paulo, e um com os serviços de emergência para serem interrompidos.

Outras companhias abertas que ser√£o afetadas:

Foram 1.384 leitos descredenciados, conforme mapeamento do BTG Pactual, nas 12 instala√ß√Ķes da Rede D‚ÄôOr, que representa 12% da capacidade total da empresa. O BTG tamb√©m estima que a Rede D‚Äôor deve acrescentar 370 leitos operacionais neste ano. Em escala nacional, todos os planos de sa√ļde da CNU deveriam representar menos de 10% da receita l√≠quida da companhia no neg√≥cio hospitalar.

No entanto, os impactos negativos podem ser indiretos no longo prazo e podem gerar diversos cancelamentos no portfólio da Unimed. Como referência, a Amil teve perda superior a 800 mil beneficiários.

O BTG Pactual tem como prefer√™ncias no setor de sa√ļde, os grupos Hapvida, Rede D‚ÄôOr e Oncocl√≠nicas (ONCO3).

RDOR3

REDE D'OR
Cotação

R$ 26,15

Variação (12M)

-20,03 % Logo REDE D'OR

Margem Líquida

5,74 %

DY

1.92%

P/L

21,89

P/VP

2,44