Construtora Tenda (TEND3) propõe redução de capital para absorção de prejuízos

Redução de capital proposta pela administração da companhia é de R$ 419.475.577,11

Author
Publicado em 05/10/2023 às 09:49h - Atualizado 6 meses atrás Publicado em 05/10/2023 às 09:49h Atualizado 6 meses atrás por Juliano Passaro
(Divulgação)

A Construtora Tenda (TEND3)informou, na noite da última quarta-feira (4), que seu Conselho de Administração aprovou a submissão à assembleia geral extraordinária da companhia da proposta de redução do seu capital social para absorção dos prejuízos acumulados. 

A proposta de redução de capital não prevê cancelamento de ações. Sendo assim, mantém inalterado o percentual de participação dos atuais acionistas da Tenda. 

A redução de capital proposta pela administração da companhia é de R$419.475.577,11, correspondente ao valor dos prejuízos acumulados reconhecidos nas informações financeiras trimestrais da Tenda referentes ao segundo trimestre de 2023.

"A administração da companhia entende que a redução de capital poderá proporcionar benefícios adicionais aos acionistas da companhia, tais como viabilizar futuras distribuições de dividendos, a depender da apuração de lucro pela companhia em exercícios futuros, bem como restabelecer a situação de equilíbrio entre o nível de capital e o patrimônio da companhia", informou a Construtora Tenda.

Segundo comunicado da Tenda, caso a redução de capital seja aprovada pelos acionistas, o capital social da empresa passará a ser de R$ 910.728.801,38, dividido em 123.094.246 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal.