Cielo (CIEL3): controladores aceitam elevar oferta de aquisição; veja novo valor

Assembleia que discute fechamento de capital foi suspensa por 21 dias

Author
Publicado em 02/04/2024 às 14:30h - Atualizado 13 dias atrás Publicado em 02/04/2024 às 14:30h Atualizado 13 dias atrás por Wesley Santana
Cielo é uma das maiores adquirentes de cartões no país. Foto: Shutterstock

💳 Em fato relevante divulgado na manhã desta terça-feira (2), a Cielo (CIEL3) informou que seus controladores aceitaram elevar o preço da OPA (Oferta de Aquisição de Ações).

O novo valor a ser pago por ação é de R$ 5,60, um acréscimo de quase 5% em relação aos R$ 5,35 prometidos anteriormente. O valor também representa um ágio de 3,3% no resultado dos papéis no fechamento da segunda (1).

A OPA é um acordo fechado entre os acionistas majoritários da adquirente para o fechamento de capital na bolsa de valores. Bradesco, Banco do Brasil, que detêm mais da metade das ações, além de gestoras de estão envolvidos no processo.

🛍️Leia também: JHSF (JHSF3) recebe proposta para vender participação em shoppings

Os acionistas declararam que o valor ofertado seria oferecido, caso a assembleia que discutia os preços fosse suspensa e que não houvesse um novo laudo de avaliação de preço.

Neste caso, também nesta manhã, a empresa divulgou outro comunicado informando sobe a suspensão da reunião por 21 dias. Os minoritários têm, portanto, um novo período para avaliar a oferta dos controladores.

Apesar de uma alta na oferta, o novo preço continua abaixo do avaliado pelo Bank of América, contrato pela empresa para o laudo de avaliação. No mês passado, o banco norte-americano afirmou que o valor ideal era de R$ 8,61 por papel, o que levou a contestação de algumas gestoras que compõe o grupo societário.

Operação da Cielo

💰 A operação de aquisição das ações tem o objetivo de converter o registro da companhia da categoria “A” para “B”. A companhia também pede a saída do Novo Mercado da B3, um segmento de ações que pede mais padrões de governança corporativa.

Se concluída a operação, o Banco do Brasil terá 49,99% do capital social, enquanto o Bradesco 50,01%. Atualmente, os índices não passam de um quarto para cada um dos acionistas.

A Cielo tem R$ 14,7 bilhões em valor de mercado. No último trimestre do ano passado, o lucro líquido da companhia foi de R$ 480 milhões. A empresa atingiu R$ 221 bilhões em processamento de pagamentos.

CIEL3

CIELO
Cotação

R$ 5,45

Variação (12M)

13,34 % Logo CIELO

Margem Líquida

24,36 %

DY

7.96%

P/L

7,09

P/VP

1,21