Cotação
R$ 184,00 0,00%
VALORIZAÇÃO (12M)
148,58%
P/L
18,79
P/VP
49,46
DY
10,88%
ROE
263,17%

INDICADORES FUNDAMENTALISTAS CGAS3

P/L
18,79
P/VP
49,46
DIVIDEND YIELD (DY)
10,88%
PAYOUT
1,49%
MARGEM LÍQUIDA
14,37%
MARGEM BRUTA
32,71%
MARGEM EBIT
22,85%
MARGEM EBITDA
26,41%
EV/EBITDA
11,73
EV/EBIT
13,56
P/EBITDA
10,23
P/EBIT
11,82
P/ATIVO
3,04
P/CAP.GIRO
-1.622,52
P/ATIVO CIRC LIQ
-4,54
PSR
2,70
VPA
3,92
LPA
10,32
GIRO ATIVOS
1,13
ROE
263,17%
ROIC
26,85%
ROA
16,18%
DÍVIDA LÍQUIDA / PATRIMÔNIO
8,01
DÍVIDA LÍQUIDA / EBITDA
1,66
DÍVIDA LÍQUIDA / EBIT
1,91
DÍVIDA BRUTA / PATRIMÔNIO
10,10
PATRIMÔNIO / ATIVOS
0,06
PASSIVOS / ATIVOS
0,94
LIQUIDEZ CORRENTE
0,99
CAGR RECEITAS 5 ANOS
7,60%
CAGR LUCROS 5 ANOS
14,36%

COTAÇÃO CGAS3

COMGÁS

61.856.571/0001-17

Ano de fundação da empresa
1872
Ano de estréia na bolsa
1996
Número de Funcionários
1091

SOBRE COMGÁS - CGAS5

A Companhia de Gás de São Paulo, comumente conhecida como Comgás é uma companhia nacional, classificada pela Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) como a maior distribuidora de gás natural do país, isso no que se refere a quantidade de gás ofertado.

Sua principal atividade é a distribuição de gás canalizado para clientes nos seguintes setores: automotivo, comercial, cogeração, industrial, residencial e termogeração. Dentre os segmentos atendidos pela companhia, a grande maioria de seus consumidores está no setor residencial.

Como observado anteriormente a companhia é uma distribuidora de gás natural canalizado, com suas atividades sendo ofertadas no estado de São Paulo. Em 2019, atingiu uma rede com mais de 17 mil quilômetros, abastecendo assim, cerca de 90 municípios, alcançando 2 milhões de clientes, sendo mais de 16 mil clientes comerciais, mais de 1 bilhão de clientes em prédios e mais de 17 mil Conversões de veículos para uso de GNV como combustível, obtendo uma satisfação de seus usuários de 98%.

A companhia está presente na bolsa de valores brasileira com ações sob os códigos CGAS3 (ações ordinárias) e CGAS5 (preferenciais do tipo A), além de ações no mercado fracionado com os códigos CGAS3F e CGAS5F.

Obtiveram uma receita líquida de mais de R$ 9,5 bilhões, atingindo um crescimento de 39,5% em comparado ao ano anterior o que levou a um lucro líquido de mais de R$ 1,3 bilhões.

História da Comgás

A história da companhia se inicia em meados do século XIX, ao passar pelo domínio de várias denominações e por diferentes proprietários.

Em 1872, a empresa inglesa conhecida como San Paulo Gás Company adquire autorização do Império, por meio do decreto 5071, para realizar a exploração da dos serviços públicos de iluminação de São Paulo.

Em 1912, a companhia canadense Brazilian Traction Light and Power Co. Ltd. assumiu o domínio das ações da San Paulo Gás Co. Ltda. Em 1959, a é nacionalizada, recebendo com isso o nome Companhia Paulista de Serviços de Gás.

Em 1968, passou a ser gerida pelo município e recebeu o nome de Comgás, através da lei municipal 7199, se tornando uma sociedade anônima Companhia Municipal de Gás (Comgás);

Em 1974, ocorreu uma nova troca de nome, se tornando Companhia de Gás de São Paulo. Em 1984, o domínio das ações da companhia passou para a estatal Companhia Energética de São Paulo (CESP).

Em 1996, entrou para a bolsa de valores brasileira e está sendo comercializada desde 1997. Em 1999, o domínio das ações da companhia é comprado por meio de um consórcio realizado pela parceria das empresas, BG Group e Shell.

Em 2012, a Cosan reivindica o domínio das ações da companhia, através da compra da porção que o Grupo BG detinha, adquirindo assim 60,05% das ações da Comgás.

Em 2017, a Cosan efetua a aquisição dos 16,77% que a Royal Dutch Shell portava da Comgás, assumindo 79,88% do capital social da companhia.

No decorrer de sua jornada a companhia passou por várias expansões e adaptações na busca de alcançar seus objetivos, durante o percurso efetuou diferentes combinações para fabricar seus combustíveis, dentre elas é possível encontrar carvão, azeite, nafta, gás de hidrogênio carbonado, uma substancia originada da mistura de água e hulha, até o momento que chegaram a produção de gás natural.

Nos anos 90, a empresa adotou ao gás natural, assumindo assim o momento mais importante de sua história. Após durante o período de 1999 a 2012, a empresa aplicou mais de R$ 4 bilhões em sua expansão, buscando trazer modernização a sua rede de distribuição de gás, adicionando mais de 6 mil km a rede.

Em 2019, a Cosan informou sobre uma Oferta Pública Voluntária com intuito de adquirir ações preferenciais classe A. Nesse mesmo ano a Cosan efetuou uma proposta para comprar ações ordinárias da Comgás, passando a portar 99,13% das ações da companhia, os demais 0,87% estão dispostos em free float.

Atualmente é possível perceber que a cada ano a empresa cresce um pouco mais, mantendo assim uma linha continua de expansões, crescimento e fortalecimento no mercado de atuação.

VANTAGENS COMPETITIVAS

  • Maior do país no setor
  • Histórico de crescimento
  • Previsibilidade de rendimentos
  • Setor em expansão

DESVANTAGENS

  • Setor altamente regulado
  • Preços sujeitos a flutuação internacional
  • Alto custo
Isso não é uma recomendação de compra/venda.

SOBRE COMGÁS - CGAS5

VALOR DE MERCADO
R$ 25,32 Bilhões
VALOR DE FIRMA
R$ 29,48 Bilhões
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ 519,51 Milhões
Nº TOTAL DE PAPEIS
132,52 Milhões
ATIVOS
R$ 8,45 Bilhões
ATIVO CIRCULANTE
R$ 2,79 Bilhões
DÍVIDA BRUTA
R$ 5,24 Bilhões
DÍVIDA LÍQUIDA
R$ 4,16 Bilhões
DISPONIBILIDADE
R$ 1,08 Bilhão
SEGMENTO DE LISTAGEM
Nível 1
FREE FLOAT
2,58%
TAG ALONG
-%

Receitas e Lucros COMGÁS - CGAS3


Resultados COMGÁS - CGAS3

ATIVOS/PASSIVOS COMGÁS - CGAS3


BALANÇO PATRIMONIAL COMGÁS - CGAS3