Vale (VALE3) j√° perdeu R$ 39 bi em 2024; o que explica a queda da mineradora

Em 2023, os papéis da mineradora acumularam desvalorização de 13,14%

Author
Publicado em 26/01/2024 às 09:59h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 26/01/2024 às 09:59h Atualizado 3 meses atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)
(Shutterstock)

ūüďČ A Vale (VALE3) perdeu R$ 39,3 bilh√Ķes apenas em 2024, segundo apura√ß√£o do Estad√£o Conte√ļdo.¬† Agora, a empresa est√° com o valor de mercado em R$ 309,01 bilh√Ķes.¬†

No fechamento do preg√£o da √ļltima quinta-feira (25), as a√ß√Ķes fecharam com queda de 2,2% acumulando perda de 11,3%. Em 2023, os pap√©is da mineradora acumularam desvaloriza√ß√£o de 13,14%, segundo dados da Economatica.¬†

Apenas nas primeiras semanas do ano, a mineradora acumulou uma queda de 10% na Bolsa de Valores de São Paulo (B3). 

De acordo com Fabrício Gonçalvez, Ceo da Box Asset Management, mesmo com o cenário de pressão, a expectativa é que o preço da mineradora se mantenha. 

"A Vale é uma empresa sólida com excelentes fundamentos, então participando desse pressuposto acredito que o preço, ainda sim, possa se manter na faixa dos R$ 66,00 e R$ 70,00 para depois alcançar maiores e melhores patamares", ressalta. 

Leia também: Justiça condena Vale (VALE3), Samarco e BHP a pagarem R$ 47,6 bi por Mariana

Pontos para entender a queda da Vale 

1- Mercado Chinês 

A venda de minério de ferro para China está em queda desde 2023, quando a gigante asiática anunciou que seu Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 5,2%. Em dezembro, os preços das casas na China voltaram a cair, sinalizando dificuldade de recuperação do setor. 

Segundo Gabriel Mota, operador de renda variável da Manchester Investimentos, grande parte da receita vem da China 

"Um cenário ruim da economia chinesa, como foi o caso, significa uma menor demanda por minério no mundo como um todo, o que tem relação com o preço do ativo, seja positiva ou negativa", comenta. 

ūüõí A China √© um dos principais mercados consumidores de ferro, representando 47,9% das receitas da Vale.¬†

2- Preço do minério

Apenas em 2024, o min√©rio j√° teve um queda do valor do min√©rio de aproximadamente 8%. Em dezembro de 2023, depois do an√ļncio de Pequim nos ajustes na pol√≠tica macroecon√īmica, os pre√ßos tamb√©m reagiram de forma negativa, com baixa de 1,05% a 942 ienes.¬†

3- Troca de comando da empresa

Com o t√©rmino do mandato do atual diretor-presidente da mineradora, Eduardo Bartolomeo, em maio, os investidores n√£o receberam t√£o bem a poss√≠vel indica√ß√£o de Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda, na √ļltima quinta-feira (25). As a√ß√Ķes ca√≠ram 0,99, cotadas a R$ 69,21.¬†

Para o especialista Gabriel Mota, o cen√°rio das a√ß√Ķes recuou ainda mais com a indica√ß√£o de Guido Mantega.¬†

"Os pontos estão interligados, o ativo realizou mais forte devido a economia chinesa e agora com a pressão com a indicação de Mantega recuou ainda mais", pontua. 

ūüĆ鬆A decis√£o deve ser feita na pr√≥xima semana (31), pelo Conselho de Administra√ß√£o da Vale.¬†

4- Condenação bilionária

N √ļltima quinta-feira (25), a Justi√ßa Federal condenou a mineradora Samarco e suas acionistas Vale e BHP a pagar R$ 47,6 bilh√Ķes como indeniza√ß√£o pelos danos morais coletivos causados pelo rompimento da barragem em Mariana.¬†¬†

Os papéis da Vale chegaram em baixa de 2,20% a R$ 68,36 na sessão daquela quinta-feira (25).  Em comunicado, a mineradora alega não ter sido comunicada sobre a decisão judicial.

VALE3

Vale
Cotação

R$ 65,29

Variação (12M)

3,92 % Logo Vale

Margem Líquida

18,78 %

DY

10.6%

P/L

7,66

P/VP

1,58