Quais são os tipos de dólar e qual a diferença entre eles?

No total, há seis tipos de dólar.

Author
Publicado em 19/05/2024 às 09:00h - Atualizado 25 dias atrás Publicado em 19/05/2024 às 09:00h Atualizado 25 dias atrás por Elanny Vlaxio
O volume de investimento de brasileiros no exterior saltou quase 30 vezes nos últimos 20 anos (Shutterstock)
O volume de investimento de brasileiros no exterior saltou quase 30 vezes nos últimos 20 anos (Shutterstock)

No mundo das finanças, o dólar dos Estados Unidos se destaca como a moeda mais influente e utilizada em transações internacionais. No entanto, nem sempre se trata de um único tipo de dólar. Diversas modalidades coexistem, cada uma com características e finalidades específicas.

💸 Para o viajante, o dólar turismo é o protagonista. É a cotação utilizada em casas de câmbio e bancos para compra de moeda estrangeira para viagens internacionais. Já para empresas que importam ou exportam produtos, o dólar comercial entra em cena. Essa modalidade serve de base para transações comerciais internacionais e é negociada diretamente entre empresas financeiras.

Porém, ainda existem outras variações da moeda americana, veja quais são:

Dólar paralelo

O dólar paralelo opera em um mercado não oficial e se popularizou no Brasil no início dos anos 90, período de grande instabilidade econômica. Com o tempo, esse tipo de transação passou a ser associada a atividades fraudulentas, pois ocorre à margem das regulamentações do Banco Central. Por isso, é aconselhável evitar esse mercado.

Dólar futuro

O dólar futuro representa um contrato para a compra ou venda futura de dólar, com um preço já estabelecido. Esse contrato é usado tanto para propósitos comerciais quanto empresariais, principalmente pela vantagem de fixar o preço antecipadamente.

Isso permite que empresas e investidores se protejam contra oscilações na cotação da moeda. Além disso, o dólar futuro também pode ser utilizado para fins de especulação.

Dólar à vista

💰 O Dólar à vista é comumente utilizado por empresas que realizam contratos no mercado financeiro, especialmente no mercado de títulos. O valor das operações nesse mercado é baseado no dólar à vista, que é a cotação da moeda americana no momento da negociação.

Dólar PTAX

O dólar PTAX, também conhecido como "taxa PTAX", é a taxa de câmbio de referência para o dólar americano no Brasil. Ela é calculada diariamente pelo Banco Central e serve como um indicador do valor médio da moeda no mercado brasileiro.

Como investir em dólar no Brasil?

Investir em dólar é uma opção cada vez mais popular para brasileiros em busca de diversificação e proteção financeira. Segundo o BC (Banco Central), o volume de investimento de brasileiros no exterior saltou quase 30 vezes nos últimos 20 anos, chegando a somar R$ 46 bilhões em 2023. Já em termos líquidos, as transações saíram de um saldo negativo de US$ 179 milhões para US$ 4,5 bilhões positivos.

💵 Com a volatilidade do mercado de câmbio e a instabilidade econômica local, os investidores têm buscado a segurança da moeda americana como uma das maneiras para preservar o capital, como explica Bruno Corano, economista e investidor da Corano Capital.

Para quem pensa em investir em dólar, há duas principais opções:

  • Abrir uma conta corrente em um banco de primeira linha nos Estados Unidos e transferir seus recursos;
  • Abrir uma conta em uma corretora.

"Uma vez que os recursos estejam no banco ou na corretora, é possível comprar os mais diversos produtos, desde títulos do Tesouro americano até mesmo ETFs, ações bonds e bonds de empresas brasileiras, como Petrobras e Itaú, que emitem e captam esses recursos em dólar e pagam em dólar", explicou Corano.