Privatização da Sabesp (SBSP3): Pessoas físicas podem entrar com apenas R$ 1

Pessoas físicas podem comprar ações de forma direta ou por meio de fundos de investimento.

Author
Publicado em 22/06/2024 às 14:34h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 22/06/2024 às 14:34h Atualizado 1 mês atrás por Marina Barbosa
Governo de São Paulo venderá até 220,5 milhões de ações da Sabesp (Shutterstock)
Governo de São Paulo venderá até 220,5 milhões de ações da Sabesp (Shutterstock)

O governo do Estado de São Paulo vai vender até 220,5 milhões de ações da Sabesp (SBSP3) na privatização da empresa. E investidores comuns podem ficar com parte desses papeis, desde que invistam ao menos R$ 1 na companhia.

📈 A oferta de ações que vai viabilizar a privatização da Sabesp foi lançada na noite de sexta-feira (21) e permite a participação de investidores profissionais, pessoas jurídicas e também pessoas físicas que sejam residentes e domiciliadas no Brasil.

O objetivo do governo é vender inicialmente 15% das ações da empresa para um investidor de referência, que deve carregar essa posição até 2030. E, posteriormente, mais 17% dos papeis da Sabesp para o mercado em geral. 

Leia também: Privatização da Sabesp (SBSP3): Governo lança oferta e pode captar até R$ 16,5 bi

Os investidores pessoa física devem fazer suas ofertas nesse segundo momento e podem investir na privatização da Sabesp por meio de fundos de investimento ou por meio da compra direta de ações.

🪙 Para participar da privatização, os fundos de investimentos devem aplicar ao menos 95% do seu patrimônio na Sabesp. Por isso, são chamados de FIA-Sabesp. Além disso, esses fundos devem receber aportes de no mínimo R$ 1 e de no máximo R$ 1 milhão de pessoas físicas.

Se preferir comprar ações da Sabesp de forma direta, os investidores pessoa física devem fazer ofertas de no mínimo R$ 100 e no máximo R$ 1 milhãoAs ofertas podem ser formalizadas por meio de corretoras, mas é preciso prestar atenção no formato do pedido, pois há um pedido de reserva específico para os funcionários da empresa, outro para aposentados e um terceiro para os demais investidores pessoa física.

Ofertas devem ser feitas nos próximos dias

O governo do Estado de São Paulo pretende concluir a privatização da Sabesp daqui a exatamente um mês, no dia 22 de julho. Por isso, os investidores interessados nas ações da companhia já devem fazer as suas ofertas nos próximos dias.

O prazo para os investidores de referência já é na próxima semana, de 24 a 28 de junho. Já os investidores de varejo devem enviar suas propostas de 1º a 15 de julho. As ações serão precificadas em 18 de julho. 

Veja o cronograma da oferta de privatização da Sabesp:

  • 24 a 28 de junho: Investidores de referência apresentam propostas;
  • 28 de junho: Divulgação dos finalistas do processo de escolha do investidor de referência;
  • 1º a 15 de julho: Ofertas de varejo;
  • 16 de julho: Escolha do investidor de referência;
  • 18 de julho: Precificação;
  • 22 de julho: Liquidação.

SBSP3

SABESP
Cotação

R$ 89,19

Variação (12M)

59,90 % Logo SABESP

Margem Líquida

13,62 %

DY

1.63%

P/L

16,94

P/VP

1,99