Pague Menos (PGMN3) encerra programa de recompra de ações

Companhia recomprou 1,692 milhão de ações, menos da metade do que era possível.

Author
Publicado em 03/04/2024 às 16:14h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 03/04/2024 às 16:14h Atualizado 1 mês atrás por Marina Barbosa
(Shutterstock)
(Shutterstock)

A Pague Menos (PGMN3) encerrou o programa de recompra de ações lançado em outubro de 2023. O plano terminou com a aquisição de 1,692 milhão de ações, menos da metade do que era possível.

💊 O programa visava a recompra de até cinco milhões de ações em um período de seis meses. A Pague Menos, no entanto, recomprou 1.692.800 ações de emissão própria até o fim do prazo, nesta quarta-feira (3).

Ao lançar o programa, a Pague Menos disse que iria manter as ações recompradas em tesouraria para posterior entrega aos seus funcionários e administradores no âmbito do plano de ações restritas da companhia.

Leia também: BRF (BRFS3) recomprou 14 milhões de ações em menos de 4 meses

Queda de 32,5% no ano

A companhia não informou o valor usado no programa. Contudo, o custo pode ter chegado a R$ 4,55 milhões, se for considerado o preço de fechamento de terça-feira (2).

As ações da Pague Menos terminaram a terça-feira (2) cotadas a R$ 2,69. O papel acumula uma queda de R$ 32,5% em 2024. Em 3 de outubro, quando a recompra foi anunciada, a ação era negociada a R$ 2,82.

PGMN3

Pague Menos
Cotação

R$ 2,47

Variação (12M)

-16,00 % Logo Pague Menos

Margem Líquida

0.55%

DY

11.55%

P/L

22,82

P/VP

0.55