Nubank (ROXO34) registra lucro recorde no 1º trimestre após alta de 167%

O neobanco reportou um lucro líquido impressionante de US$ 378,8 milhões, um aumento de 167% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Author
Publicado em 14/05/2024 às 18:00h - Atualizado 12 dias atrás Publicado em 14/05/2024 às 18:00h Atualizado 12 dias atrás por Matheus Rodrigues
O banco superou a marca de 100 milhões de clientes, consolidando-se como um dos maiores bancos do Brasil.
O banco superou a marca de 100 milhões de clientes, consolidando-se como um dos maiores bancos do Brasil.

🟣 Nubank (ROXO34), a fintech brasileira conhecida por desafiar o status quo do sistema bancário, divulgou nesta terça-feira (14), seus resultados financeiros para o primeiro trimestre de 2024, com números que superaram as expectativas do mercado.

Demonstrando robustez e crescimento acelerado, a empresa reportou um lucro líquido impressionante de US$ 378,8 milhões, um aumento de 167% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O lucro líquido ajustado ainda mais expressivo, totalizando US$ 442,7 milhões, reflete um aumento significativo comparado aos US$ 182,4 milhões do primeiro trimestre de 2023.

Esses resultados superaram as projeções de analistas que esperavam um lucro de cerca de US$ 404,8 milhões, conforme compilado pela LSEG.

Além dos ganhos substanciais, o Nubank também estabeleceu um novo marco em termos de receita, alcançando US$ 2,7 bilhões neste trimestre, um crescimento de 64% quando ajustado pela neutralidade cambial.

O aumento da receita média mensal por cliente ativo (ARPAC) para US$ 11,4, um salto de 30% em relação ao ano passado, indica uma crescente rentabilização de sua base de clientes.

A carteira de crédito da instituição viu uma expansão notável de 52%, atingindo US$ 19,6 bilhões.

Apesar do aumento na inadimplência de longo prazo, que subiu de 5,5% para 6,3%, e na inadimplência de curto prazo, de 4,2% para 5%, os indicadores financeiros do Nubank continuam mostrando uma trajetória de crescimento e resiliência.

💜 Em meio a esses resultados positivos, o banco alcançou outro marco significativo: superar a marca de 100 milhões de clientes, consolidando-se como um dos maiores bancos do Brasil.

A eficiência operacional também melhorou, com o índice de eficiência caindo de 39% para 32,1%, destacando uma operação cada vez mais otimizada.

No cenário internacional, o Nubank está fortalecendo sua presença no México, com a operação mexicana mostrando sinais de crescimento acelerado e maturidade comparáveis aos estágios iniciais da operação brasileira em 2018.

A recente elevação da classificação de risco pelo S&P Global Ratings, que posiciona o Nubank ao lado dos maiores bancos do Brasil, é um testemunho do potencial de crescimento contínuo da empresa.

Este desempenho excepcional no primeiro trimestre, tradicionalmente considerado um período desafiador para instituições financeiras, sublinha a capacidade do Nubank de manter uma trajetória ascendente mesmo em face de condições econômicas adversas.

O retorno sobre o patrimônio (ROE) subiu de 23% para 27%, destacando a solidez financeira da fintech em um mercado competitivo.

Os resultados do Nubank em 2024 são uma prova de que a fintech não apenas está se adaptando bem às exigências do mercado financeiro, mas também está preparada para desafiar e potencialmente ultrapassar os grandes nomes do setor bancário no Brasil e além.

ROXO34

Nu Holdings (NuBank)
Cotação

R$ 10,05

Variação (12M)

77,56 % Logo Nu Holdings (NuBank)

Margem Líquida

19,48 %

DY

-%

P/L

44,17

P/VP

8,23