Novo plano da Oi (OIBR3) prevê R$ 15 bilhões em vendas de ativos

A previsão para votação do novo plano em assembleia de credores é de 30 dias

Author
Publicado em 13/02/2024 às 15:39h - Atualizado 5 meses atrás Publicado em 13/02/2024 às 15:39h Atualizado 5 meses atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)
(Shutterstock)

O novo plano de recuperação judicial da Oi (OIBR3) prevê a venda de ativos avaliados em mais de R$ 15 bilhões e um novo financiamento de US$ 650 milhões - equivalente a R$ 3,2 bilhões.

Além dos novos financiamentos, a empresa também tem a conversão de dívidas antigas, mas ainda não chegou a um acordo com os credores. A expectativa é que a redução da dívida financeira chegue na casa de 75%, segundo o membro de administração e líder das negociações com credores, Rodrigo Abreu, em entrevista ao Estadão.

Leia também: SoftBank volta a ter lucro, após quatro trimestres no vermelho

📞 Com dívidas de R$ 44,3 bilhões, essa já é a segunda vez que a companhia entra em recuperação judicial, tendo iniciado o processo em março de 2023.

Em maio do ano passado foi apresentada a primeira versão do plano mas que não chegou a ser assinada em um Acordo à Reestruturação (RSA - sigla em inglês), que tem o objetivo de oferecer o apoio necessário para aprovação do plano. A previsão é de 30 dias para votação do novo plano na assembleia de credores, ou seja, no início de março.

OIBR3

OI
Cotação

R$ 4,39

Variação (12M)

-57,38 % Logo OI

Margem Líquida

-74,09 %

DY

0%

P/L

0.04

P/VP

0.01