No Senado, dono do Botafogo apresenta relatório com supostas manipulações de jogos

Empresário foi convocação para testemunhar na CPI

Author
Publicado em 23/04/2024 às 12:24h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 23/04/2024 às 12:24h Atualizado 1 mês atrás por Wesley Santana
Foto: Lula Marques/Agência Brasil
Foto: Lula Marques/Agência Brasil

⚽ Nesta segunda-feira (22), o empresário John Textor, sócio majoritário do clube Botafogo apresentou um relatório de 180 páginas contendo um informações de uma suposta manipulação de jogos.

O documento foi mantido sob sigilo, mas o presidente da CPI (Comissão Própria de Investigação), o senador Jorge Kajuru (PSB-GO) prometeu tornar os dados públicos “o mais rápido possível”.

"Não venho com evidências de pagamentos em dinheiro. A nossa evidência diz como os jogos são manipulados e não o porquê, a motivação", afirmou Textor sobre o tipo de denúncia, segundo a Agência Brasil. “A manipulação de resultados [no esporte] é uma realidade, e devemos deixar nossa paixão de lado e o que ocorreu no ano passado pode ter ocorrido outras vezes", acrescentou.

🧑‍💻 Leia também: PF investiga acesso indevido a sistema do Tesouro Nacional

O Senado aprovou a convocação do empresário na condição de testemunha na semana passada para falar na comissão que apura manipulação de resultados nos jogos de futebol. Segundo o senador Romário (PL-RJ), que é relator da CPI, a convocação se deu porque John fez declarações de que havia provas sobre casos de manipulação em partidas das séries A e B do campeonato brasileiro.

"Nós chegamos a uma conclusão simples. Tivemos conhecimento de diversos indícios. Não queremos falar, ainda, em provas. Não podemos dizer que participamos de uma conversa de mais de uma hora sem conteúdo. Teve conteúdo", afirmou o senador Jorge Kajuru (PSB-GO), presidente da CPI, ao final da reunião.

A CPI das Apostas Esportivas foi criada no mês passado a pedido de Romário, que destacou que os "jogos movimentam muito dinheiro e permitem o aliciamento de jogadores e dirigentes". No ano passado, o governo federal regulamentou as bets -o que inclui apostas virtuais, apostas físicas, evento real de temática esportivas e jogos virtuais.