Musk fará tour em fábrica da Tesla (TSLA34) com 15 acionistas da empresa

Tour acontecerá um dia antes da assembleia de acionistas que decidirá sobre o pagamento de um bônus de US$ 55,8 bilhões a Musk.

Author
Publicado em 03/06/2024 às 20:01h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 03/06/2024 às 20:01h Atualizado 1 mês atrás por Marina Barbosa
Musk divulgou tour nas redes sociais (Shutterstock)
Musk divulgou tour nas redes sociais (Shutterstock)

A Tesla (TSLA34) vai levar 15 acionistas para um tour pela sua fábrica no Texas. O evento contará com a participação do CEO da companhia, Elon Musk.

💲 O tour acontecerá no dia 12 de junho. Isto é, um dia antes da assembleia de acionistas que vai decidir sobre o pagamento de um prêmio salarial de US$ 55,8 bilhões a Musk

Para concorrer a uma vaga no tour, o acionista precisa se inscrever no site da Tesla e mostrar que já votou nos temas que serão discutidos na assembleia. 

O tour foi visto, então, como uma forma de a companhia incentivar os acionistas a aprovar o bônus salarial para Musk. A Tesla diz, contudo, que não é preciso apoiar a proposta para concorrer ao tour.

Leia também: Tesla (TSLA34) vai fazer recall de 125 mil carros

"Você só deve enviar provas de que votou, e não de como votou. Você não precisa votar a favor ou contra nenhuma proposta para ser elegível para inscrição", afirma a Tesla, na página de inscrição para o tour. 

Logo depois, a companhia ressalta que o prazo para o envio da prova de voto acaba na próxima sexta-feira (7). Por isso, afirma: "Não perca tempo, vote hoje!".

Nas redes sociais, Elon Musk compartilhou a oferta e pediu que os acionistas avisassem se tivessem alguma dúvida sobre como votar para a assembleia. Veja:

O tour promete cobrir a linha de fabricação de dois modelos da fabricante de carros elétricos: o Cybertruck e o Model Y. Além de Musk, o chefe de design da Tesla, Franz von Holzhausen, participará do tour.

Os acionistas sorteados para o tour ainda terão direito a um assento reservado na assembleia anual de acionistas de 13 de junho.

Bônus polêmico

O prêmio salarial de US$ 55,8 bilhões equivale a mais de R$ 292 bilhões na cotação atual e já havia sido aprovado pelos acionistas da Tesla em 2018. Contudo, foi derrubado pela justiça americana no início de 2024.

O bônus foi questionado por um acionista da Tesla e considerado não "totalmente justo" pela juíza-chefe do Tribunal de Delaware, Kathaleen St. J. McCormick.

🚘 Com a decisão judicial, Musk perdeu o posto de homem mais rico do mundo e ameaçou transferir a sede da Tesla de Delaware para o Texas. A mudança da sede também será decidida na assembleia de acionistas do dia 13 de junho.

Diante desse impasse, no entanto, consultorias têm recomendado os acionistas da Tesla a rejeitarem o bônus salarial de Musk.

A consultoria americana Glass Lewis, por exemplo, avaliou que o prêmio tem um "tamanho excessivo" e disse que Musk tem uma "lista de projetos extraordinariamente demorados", que poderiam o afastar do comando da Tesla, segundo o "Financial Times".

Musk também é dono de empresas como X (ex-Twitter), SpaceX e Neuralink, além da startup de inteligência artificial xAI.

TSLA34

Tesla
Cotação

R$ 38,14

Variação (12M)

-2,26 % Logo Tesla

Margem Líquida

14,37 %

DY

-%

P/L

55,97

P/VP

11,69